AGOSTO DOURADO, MÊS DE INCENTIVO À AMAMENTAÇÃO

 

AGOSTO DOURADO, MÊS DE INCENTIVO À AMAMENTAÇÃO

39638374 662603087452989 6499695045510168576 nA amamentação, isoladamente, é a estratégia de maior impacto capaz de salvar a vida da criança.

O leite materno é o melhor alimento que um bebê pode receber nos seus primeiros anos de vida, sendo indicado até dois anos ou mais. É o alimento mais completo, de menor custo, melhor digestão, sendo capaz de promover o crescimento e desenvolvimento infantil. Crianças amamentadas também estão mais protegidas contra doenças infecciosas pelo poder de imunização do leite materno.

O “Agosto Dourado” é o mês dedicado à amamentação onde muitos lutam pelo seu incentivo, e a cor dourada, confirmando o padrão ouro de qualidade do leite materno, mas ainda é desconhecido pela maioria das pessoas.

É necessário levar essa idéia ao conhecimento de todos para alcançarmos o desenvolvimento infantil saudável. 

DSCN9882-min

No Hospital Santa Casa de Patrocínio o incentivo à amamentação é realizado diariamente pela fonoaudióloga Brunna Cabral e a Nutricionista Francielly Santos, que orientam todas as mamães como amamentar seus bebês, além de esclarecer todas as dúvidas que surgem até a alta hospitalar.

“Agosto Dourado”, essa iniciativa vale ouro.

 

DSCN9881-minTexto: Dr. Paulo Caixeta Araújo – Pediatra do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 3839 1000.

A arte de cuidar

  Materia anaPara a maioria das pessoas a palavra “Cuidar” parece estar bem distante da realidade, esquecendo que o cuidado nasce junto de cada ser humano, pois não existe vida sem cuidados.             

 A Palavra cuidar vem do latim cogitare (cogitar) que significa tomar conta de, curar, olhar, velar...                Em meio a tantas correrias do dia a dia acabamos esquecendo de cuidar até de nós mesmos, imagine dos outros. 

E quando se fala de uma profissão que se baseia no Cuidado?

Cuidar de alguém que você nem sequer conhece?

Estou falando desta nobre profissão que é a enfermagem.

          Acredito que nada nesta vida é por acaso e tudo tem um propósito, sendo assim não escolhemos essa profissão, mas fomos escolhidos. Cuidar não é só atender as necessidades fisiológicas como alimentar, higienizar, entre outros, se o fosse cuidar se restringiria a atos, mas não, cuidar também é ouvir o paciente, escutar suas angústias, seus medos, ajudá-lo a enfrentar dificuldades e saber que isso irá melhorá-lo como ser humano, desta forma, outras pessoas também serão ajudadas. Isso se chama Atitude.

           Ser ético é primordial nessa profissão, é ver no paciente a possibilidade de estar no lugar dele. Cuidar é uma arte, talvez a mais bela de todas, uma tarefa árdua que implica acima de tudo estarmos satisfeitos com as escolhas feitas por nós. Com o passar dos anos e convivendo com uma sociedade cada vez mais capitalista tenho receio que a enfermagem, assim como tantas outras profissões, venha se tornar para a maioria das pessoas só mais uma forma de ganhar dinheiro e com isso a essência do cuidar se perca, precisamos resgatar o cuidar com amor, lembrando sempre que tempo e circunstância podem mudar a qualquer minuto. Acredito que a forma que cuidamos, muitas vezes é o reflexo de como fomos cuidados. Mas podemos e devemos mudar tudo isso, com o simples propósito de “entender a Vida para atender melhor as pessoas. ” 

 anna

Sangue nas fezes é sinal de câncer?

 

                                                                                           O aparecimento de sangue nas fezes pode ser algo um tanto quanto assustador para qualquer um. Na era da intestino-humano
internet, os resultados de busca online podem ser aterrorizantes, fazendo a mente dar voltas e voltas sobre as possíveis causas.

No entanto, é preciso se informar sobre o que realmente pode estar acontecendo. O sangramento pode ser resultado de diversos fatores, dos mais simples aos mais graves.

A queixa de sangramento nas fezes é extremamente comum e deve-se a diversos problemas gastrointestinais. A doença hemorroidária, aliás, é a causa mais comum para o sangramento.

Em quadros mais sérios, o sangue pode estar ligado a lesões benignas ou malignas do estômago ou do intestino delgado, doenças inflamatórias intestinais ou doenças diverticulares encontradas no intestino grosso. Tumores no sistema digestivo também podem ser motivo para o surgimento de sangue nas fezes.

Entre as doenças inflamatórias intestinais mais recorrentes, estão a retocolite ulcerativa e a doença de Crohn.

Já a doença diverticular   se localiza no cólon e afeta a população idosa, acima dos 60 anos, podendo causar dores abdominais, diarreias, e, quando mais sérias, hemorragia retal.

É preciso avaliar ainda se o paciente sente dor ao ir no banheiro, se o sangue pinga no vaso ou molha o papel. Se a resposta for positiva, pode ser que seja hemorroida ou fissura anal. Mas se a resposta for negativa, pode ser um sinal de câncer ou outro tipo de doença mais importante. A tonalidade da cor do sangue, que pode variar de vermelho mais claro até quase preto, também é um indicativo.

Como proceder?

Justamente por ser um problema que pode ser causado por uma longa lista de fatores, não existe uma regra de como proceder em relação à presença de sangramento nas fezes.

Na verdade, a única recomendação é procurar um especialista o quanto antes, pois pode-se tratar de um problema simples ou de algo bem mais sério.

O indicado é procurar um proctologista de início. Depois, se for necessário, o paciente será direcionado para algum exame específico do trato gastro-inestinal.

E quando é câncer no intestino?

Geralmente a palavra que mais assusta as pessoas em relação a qualquer comportamento estranho do corpo é “câncer”. O sangue nas fezes não é diferente, mas, como vimos, existe uma série de problemas que pode estar causando essa situação incômoda, e muitos deles bem mais comuns do que um câncer no intestino.

O sangramento pode inclusive ser resultado de lesões que são precursoras do câncer, como pólipos. Junto dele – e as vezes até antes dele –, o paciente pode sofrer de emagrecimento inesperado, até ficar anêmico, ou identificar o aparecimento de massas abdominais.

É importante notar também que nem sempre a presença do câncer irá causar sangue nas fezes.

“Os sintomas do câncer de intestino são muito vastos e necessitam de uma série de correlações que devem ser interpretadas por um profissional habilitado”. “Em diversos casos, os traços iniciais passam desapercebidos e a doença só é descoberta por sintomas tardios e avançados”. Alerta o especialista Dr. Otávio Sia. 

 

Santa Casa de Patrocínio Inicia Programa de Atualização de Enfermagem

                                                                                                        SANTA CASA DE PATROCÍNIO INICIA PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO DE ENFERMAGEM-1

DR. THIAGO GASPERIN, MÉDICO OFTALMOLOGISTA FALA SOBRE O DIA MUNDIAL DA SAÚDE OCULAR

 

DR. THIAGO GASPERIN, MÉDICO OFTALMOLOGISTA FALA SOBRE O DIA MUNDIAL DA SAÚDE OCULAR

olhos
Nesta terça feira, 10/07, é celebrado o dia Mundial da Saúde Ocular. É um excelente momento para dialogarmos com todos em nossa volta: familiares, amigos e até nos mesmos se estamos dando valor e atenção para os nossos olhos. 

O exame oftalmológico deve ser principalmente realizado em pessoas que têm fatores de risco para o desenvolvimento de doenças como o glaucoma e a retinopatia diabética. Enfim , todos que precisam absorver a mensagem de que a saúde ocular deve ser acompanhada e cuidada com atenção ao longo de toda a vida

No Brasil há mais de 1,2 milhão de cegos. A Organização Mundial de saúde (OMS) estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira são evitáveis e ou tratáveis. Isso significa que quase 700 mil brasileiros que são cegos poderiam estar enxergando se tivessem recebido tratamento adequado e em tempo adequado.

Esta triste realidade não ocorre apenas no Brasil. A OMS se uniu com outras instituições globais para que, algumas horas e dias no ano pudessem chamar a atenção da sociedade para os perigos da cegueira evitável: O dia da saúde Ocular.

Devemos nos conscientizar e chamar a atenção de nossos amigos e familiares para evitarmos a tragédia de uma cegueira.

Thiago
Dr. Thiago Gasperin

Médico, Oftalmologista

Hospital de Olhos de Patrocinio

Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio

34 3515 2566/3832 6245/98899 0735

O DIA MUNDIAL DA SAÚDE OCULAR

 

DR. THIAGO GASPERIN, MÉDICO OFTALMOLOGISTA FALA SOBRE O DIA MUNDIAL DA SAÚDE OCULAR

olhos
Nesta terça feira, 10/07, é   celebrado o dia Mundial da Saúde      Ocular. É um excelente   momento     para   dialogarmos com todos em       nossa volta: familiares,   amigos e   até nos mesmos se estamos   dando  valor e atenção para  os nossos olhos.

O exame oftalmológico deve ser principalmente realizado em pessoas que têm fatores de risco para o desenvolvimento de doenças como o glaucoma e a retinopatia diabética. Enfim , todos que precisam absorver a mensagem de que a saúde ocular deve ser acompanhada e cuidada com atenção ao longo de toda a vida

No Brasil há mais de 1,2 milhão de cegos. A Organização Mundial de saúde (OMS) estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira são evitáveis e ou tratáveis. Isso significa que quase 700 mil brasileiros que são cegos poderiam estar enxergando se tivessem recebido tratamento adequado e em tempo adequado.

Esta triste realidade não ocorre apenas no Brasil. A OMS se uniu com outras instituições globais para que, algumas horas e dias no ano pudessem chamar a atenção da sociedade para os perigos da cegueira evitável: O dia da saúde Ocular.

Devemos nos conscientizar e chamar a atenção de nossos amigos e familiares para evitarmos a tragédia de uma cegueira.

Thiago
Dr. Thiago Gasperin

Médico, Oftalmologista

Hospital de Olhos de Patrocinio

Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio

34 3515 2566/3832 6245/98899 0735

Santa Casa de Patrocínio será beneficiada com o Programa de Energia Inteligente da CEMIG

 

IMG-20180704-WA0027

O Superintendente da Santa Casa de Patrocínio, Augusto Moura, compareceu em evento na cidade de Belo Horizonte, na quarta-feira, dia 04/07/2018 para receber o certificado de que a Instituição será beneficiada com ações que buscam o consumo eficiente de Energia, por meio do programa Energia Inteligente da CEMIG em parceria com o Governo de Minas Gerais.

O Programa de Eficiência Energética - PEE tem o objetivo de combater o desperdício de energia elétrica através de várias ações em segmentos distintos da sociedade, através de investimento anual aproximado de R$ 40 bilhões.

Dentre estas ações, destacamos as que são desenvolvidas nos Hospitais Públicos e Filantrópicos de Minas Gerais: substituição de equipamentos obsoletos por mais modernos, substituição sistemas de iluminação ineficientes por outros de alto rendimento e substituição de chuveiros elétricos por sistemas de aquecimento solar de água.

Como beneficiária, a Santa Casa de Patrocínio reduzirá seu custo com energia elétrica significativamente.

A Diretoria do Hospital Santa casa de Misericórdia do Patrocínio agradece a CEMIG e ao Governo de Minas Gerias por nos selecionar para participar deste importante Programa que trará benefícios para a Instituição e para nossos usuários. 

IMG-20180704-WA0014

 

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

Vaga para Técnico em Enfermagem

 A vagas

 

 

A Santa Casa de Patrocínio está disponibilizando vaga para Técnico em Enfermagem. Atuação: Auditoria. Desejável: experiência na área. Os interessados devem comparecer no Departamento de Recursos Humanos, endereço: Praça Honorico Nunes, n.º 522; ou entrar em contato pelo telefone e email: (34)3839-1022, O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., tratar com Eloisa Cunha – Encarregada de Recursos Humanos. Venha fazer parte da família Santa Casa de Patrocínio, teremos prazer em recebê-lo.

Médico Ortopedita da Santa Casa de Patrocínio alerta sobre as posturas inadequadas e o itenso uso do celular

    Um estudo recente publicado na 25ª edição da Surgical Technology International demonstrou que o uso inadequado dos celulares podem prejudircar a coluna vertebral.

    O estudo demonstrou que inclinar a cabeça para olhar para o dispositivo móvel em suas mãos pode colocar até 27 quilos de pressão sobre o pescoço, esta carga pode variar de acordo com a angulação cervical.

    O médico ortopedista Dr. Felício Frange orienta: sempre que possível, eleve o aparelho celular a altura dos olhos ou mais próxima desta, para reduzir a sobrecarga cervical.   

 

 

opa

 

Fique atento, cuide bem de seu corpo!

 

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser!

 

 

 

 

DSCN7707

 

 

 

 

 

 

 

Dr.Felício Frange

CRM: 53461      

Agendamentos Centro Médico Santa Casa de Patrocínio

 34 - 35152565 / 991669446

 

MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA REALIZA EXAMES ESPECIALIZADOS NA SANTA CASA DE PATROCÍNIO

FOTO

A Santa Casa de Patrocinio está com novidades! O médico otorrinolaringologista Dr. Bruno Fernandes Dadona, CRM-MG: 60.985, iniciou a realização de exames especializados em nosso Pronto Atendimento.  Já estão disponíveis os seguintes exames:

VIDEOESTROBOSCOPIA/VIDEOLARINGOSCOPIA: é realizado por um médico otorrinolaringologista, indolor e executado com anestesia local na forma de spray, através de um endoscópio rígido acoplado a um sistema de vídeo que permite a amplificação e registro das imagens. Tem como objetivo detectar sinais sugestivos de doenças que acometem a boca, garganta, base da língua e pregas vocais. É indicado quando o paciente apresenta: Rouquidão por um longo período, tosse crônica ou com sangue, dificuldade para engolir (disfagia), dor para engolir (odinofagia), refluxo gastroesofágico, sensação de globus faríngeo (sensação comum e desconfortável de algo parado na garganta), pacientes com antecedentes familiares de câncer de cabeça e pescoço, tabagistas crônicos, recém-nascidos com dificuldade respiratória e barulhos durante a respiração, exames para aprovação em concursos públicos. Este exame, quando necessário, permite que a realização de alguns tipos de intervenções terapêuticas, tais como cauterização de lesões vasculares e retiradas de corpos estranhos.

 VIDEONASOFARINGOLARINGOSCOPIA: A nasofibroscopia ou nasofaringolaringoscopia é um exame endoscópico muito utilizado pelos otorrinolaringologistas, pois avalia desde a cavidade nasal até a laringe. Pode ser realizado em pacientes de qualquer idade, inclusive em recém-nascidos.  É realizado com um endoscópio flexível/rígido acoplado a um sistema de vídeo que permite a amplificação e registro das imagens, feito com o paciente confortavelmente sentado e com a cabeça em posição neutra. Trata-se de um exame indolor. Este exame é indicado para a captação de alterações na cavidade nasal, tais como: desvio do septo nasal, hipertrofia de cornetos inferiores, hipertrofia de adenóide, sinusite, polipose e demais tumores nasais. Ela também percorre a rinofaringe, orofaringe, hipofaringe e laringe, principalmente quando realizada com tubo flexível, o que pode auxiliar muito o profissional da saúde a estabelecer um correto diagnóstico e tratamento de doenças das vias aéreas superiores, como roncos, apnéia do sono, rinites, sinusites, hipertrofia de adenóide, lesões/tumores de nariz e garganta, distúrbios do olfato e paladar, sangramentos nasais, cefaléias recorrentes, rouquidão, tosse, corpos estranhos nas vias aéreas superiores, dentre outros.

Converse com seu médico e agende seu exame através dos telefones: 34 3831 2682, 3199 0494 ou 99295 3727.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000. 

Obesidade Mórbida e indicações de cirurgia bariátrica


DSCN8752-minNo dia mundial da Saúde Digestiva, os médicos residentes do Programa de Residência Médica em Cirurgia Geral da Santa Casa de Patrocínio, juntamente com o Coordenador do Programa Dr. José do Carmo Júnior, esclarecem sobre a Cirurgia Bariátrica como tratamento para a Obesidade Mórbida. 

A Obesidade é o excesso de gordura corporal  causado por aumento da oferta calórica e redução do consumo da mesma. É considerada a epidemia do século XXI e tem grande impacto, chegando a reduzir a expectativa de vida em 13 anos para homens e 8 em mulheres nos obesos mórbidos. A Obesidade Mórbida atinge mais de 600 milhões de pessoas pelo mundo, sendo que 5% estão no Brasil.

O tratamento clinico da obesidade é multidisciplinar e inclui exercícios físicos regulares, dieta hipocalórica, terapia comportamental e até mesmo uso de medicações. Por ser um tratamento que demanda disciplina e determinação, tem altos índices de falha. 

O tratamento cirúrgico apresenta um bom sucesso ao longo prazo e resolução ou pelo menos melhora de doenças quem vêm atreladas a obesidade, dentre elas destacam-se Hipertensão, Diabetes tipo 2, Apneia do Sono, Doenças Cardiovasculares, Infertilidade, Osteoartrose e Esteatose Hepática (gordura no fígado).

A Cirurgia Bariátrica não pode e nem deve ser solicitada como primeiro tratamento e por ter contra-indicações. São candidatos: IMCfoto blog obesidade infanti maior ou igual 40 (paciente sem comodidade) ou maior que 35 (paciente com comorbidades), o paciente ja deve ter realizado o tratamento clinico com falha do mesmo, deve estar estável psicologicamente, não pode ser dependente de drogas e/ou álcool. Não são candidatos: obesidade decorrente de problemas endócrinos, jovens sem fechamento epifisário (em fase de crescimento) distúrbios psicóticos ou demência, história recente de tentativa de suicídio, dependente de álcool ou outras drogas.

Os resultados dependem tanto do procedimento quanto do comprometimento no paciente após a cirurgia em seguir dieta e fazer exercícios físicos orientados.  As comorbidades relacionadas à obesidade tem uma melhora significativa ou até mesmo resolução, além de redução do risco de desenvolver doenças cardiovasculares, endócrinas, psiquiátricas ou infecciosas.

Em breve a Santa Casa de Patrocínio iniciará a realização de cirurgias bariátricas em nossa cidade

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

DIA NACIONAL DO CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR.

O Dia Nacional do Controle de Infecção Hospitalar é comemorado em 15 de Maio e tem como objetivo conscientizar, prevenir e reduzir os números de casos de infecções em Hospitais.

A infecção hospitalar pode aumentar a gravidade da patologia do paciente e prolongar sua internação, além do tratamento com antimicrobiano ser de custo elevado.

higienizacao simplesmao-1
A forma mais simples e efetiva de evitar a transmissão deste tipo de infeção é a Higienização de Mãos, recomendação esta que vale tanto para profissionais de saúde quanto para visitantes e também pacientes.

A Lavagem das mãos remove: micro-organismos que colonizam as camadas superficiais da pele; suor; oleosidade; células Mortas e sujidade que favorece a proliferação de micro-organismos. O procedimento correto duro de 40 a 60 segundos.

As Orientações para a realização da técnica correta estão fixadas em todos os locais do Hospital e podem ser consultadas através do site da ANVISA (www.anvisa.gov.br).

O Hospital Santa Casa de Patrocínio conta com Equipe Multidisciplinar de Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, que está sempre atenta para à Segurança do Paciente e qualidade do serviço prestado.

Esta equipe é responsável pela sensibilização dos colaboradores com a realização de capacitações sobre as medidas a serem adotadas para prevenção e controle de infecções hospitalares e está disponível, também para tirar as dúvidas dos pacientes e acompanhantes sobre este assunto.

Autoria: Enfª.  Rosimere Nunes da Costa Guimarães – Enfermeira Responsável pelo Serviço de Infecção Hospitalar da Santa Casa de Patrocínio

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

Uso de ultrassonografia em anestesia

 Uso de ultrassonografia em anestesia

                A equipe de Anestesiologia da Santa Casa de Patrocínio adquiriu, recentemente, um equipamento portátil de ultrassom para melhor atender seus pacientes.

 sistema-nervosoCom uso da ultrassonografia, é possível a realização de bloqueios de nervos periféricos, punções de acessos centrais, acessos venosos periféricos e arteriais com visualização em tempo real das estruturas anatômicas desejadas e da agulha utilizada para o procedimento. Isso contribui para uma maior precisão e eficiência durante tais procedimentos, com redução de complicações e maior conforto para o paciente.

   O primeiro relato do uso de ultrassonografia em anestesia regional foi feito em 1978, em um bloqueio de plexo braquial (utilizado paraultrassom
anestesia ou analgesia do membro superior) por via supraclavicular. O bloqueio foi realizado identificando apenas os vasos subclávios e administrando a solução de anestésico local em torno deles. Contudo, apesar da obtenção de alto índice de sucesso na anestesia do plexo braquial, a impossibilidade tecnológica de visualizar as estruturas não vasculares adjacentes ao plexo braquial e de filtrar a geração de artefatos das imagens obtidas, acabaram detendo a conquista da popularidade da assistência ultrassonográfica à anestesia regional no primeiro momento. Nos últimos dez anos houve um grande progresso na geração e resolução das imagens ultrassonográficas, permitindo a visualização não apenas de vasos, mas de raízes nervosas, nervos periféricos, dura-máter, pleura e fáscias. A evolução tecnológica dos aparelhos de ultrassom possibilitou sua compactação em máquinas portáteis com alta qualidade de imagem e maior versatilidade. Assim, a aplicação da ultrassonografia vem se tornando cada vez mais presente na prática da anestesia regional.

ultrassom attAs técnicas de bloqueios guiado por ultrassom são baseadas na visualização das estruturas nervosas, da agulha de bloqueio e das estruturas anatômicas adjacentes. Assim, é possível depositar a solução de anestésico local precisamente em torno dos nervos e acompanhar sua dispersão em tempo real, obtendo assim um bloqueio mais eficaz, de menor latência, menor dependência de referências anatômicas (com visualização de variações anatômicas), necessidade de menor volume de solução anestésica e maior segurança.

 

Legenda: AG: agulha de bloqueio PB: plexo braquial AL: anestésico local A: artéria LAT: lateral

Santa Casa de Patrocínio Comemora 84 Anos de História

SANTA CASA DE PATROCÍNIO COMEMORA 84 ANOS DE HISTÓRIA

DSCN8288No dia 15 de abril de 2018 a Santa Casa de Misericórdia Nossa Senhora do Patrocínio completou 84 anos de história. Esta iniciou como um asilo idealizado por jovens da década de 30. Desde então, com a ajuda de importantes nomes da sociedade patrocinense, a Instituição cresceu e atualmente consolida-se como um complexo hospitalar de referência regional em atendimentos de média e alta complexidade. A Santa Casa de Patrocínio é referência para uma população aproximada de 250.000 habitantes, distribuída em 12 Municípios. 

A Santa Casa de Patrocínio é uma entidade privada, sem fins lucrativos e desde sua concepção volta-seDSCN8217 para a prestação de serviços de saúde para toda a população. Seja esta através do SUS (Sistema Único de Saúde), Convênios ou Particulares. A Santa Casa firma-se como a maior Entidade de Saúde do Município e Região.  Por isso, nesta data especial, agradecemos a todas as pessoas que nos ajudaram a escrever a história deste importante Hospital. A todos Conselheiros que por aqui passaram e que  nortearam o nosso crescimento; à Irmandade Nossa Senhora do Patrocínio que desenvolve papel importante e representa toda a comunidade, mantendo a tradição de nossa Entidade; ao Corpo Clínico, que oferece o melhor atendimento aos pacientes que passam por aqui; aos colaboradores que trabalham incansavelmente e com excelência para a melhoria da qualidade do atendimento e, principalmente, a todos os clientes que confiam suas vidas e a de seus ente queridos à nossa competente equipe.

20180410 101445-minSão oitenta e quatro anos de uma forte e bela história, fazendo saúde com credibilidade, segurança e responsabilidade social!

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! 

Humanização com Paciente José Francisco

 31165840 1798363196852518 4616505706172907520 n  31195702 1798363086852529 1173940782495694848 n

 

 Em ato de Humanização a equipe de UTI passeou dentro das dependências da Santa Casa de Patrocínio com o paciente José Francisco Silva que está a 2 meses na UTI.

 Saúde é a nossa razão de ser.

Assembleia Ordinária, Reinauguração de Lavanderia Hospitalar e Inauguração do Posto de Coleta de Leite Humano

 Na noite de Terça-Feira (17/04) foi realizada a Assembleia Geral Ordinária da Irmandade Nossa Senhora do Patrocínio, visando à prestação de contas do exercício de 2017 da Instituição, onde foi possível perceber que, mesmo apresentando déficit financeiro, com os esforços da atual administração, a Santa Casa de Patrocino cresceu 27% nos últimos três anos. O Provedor, José Carlos Dias, explicou que os investimentos em equipamentos mais modernos continuam, com a ajuda de parlamentares que acreditam na Santa Casa, como Silas Brasileiro e Deiró Marra, atual Prefeito Municipal, buscando melhorias constantes. Disse ainda que o foco da gestão atual é ter alcançar um resultado positivo, com superávit econômico-financeiro. 

Aproveitando a presença dos integrantes da Irmandade, a diretoria da Instituição realizou, na mesma ocasião a cerimônia de inauguração do Posto de Coleta de Leite Humano e a reinauguração da Lavanderia Hospitalar, onde estivaram presentes: Sr. Jorge Moreira Marra, Secretário Municipal de Obras; Sr. Thiago Malagoli, Presidente da Câmara Municipal de Patrocínio; Sr. Humberto Donizete Ferreira, Secretário Municipal de Saúde; Sr. José Carlos Dias, Provedor da Santa Casa de Patrocínio; Sr. José Manoel de Souza, Vice Provedor da Santa Casa de Patrocínio; Maristela de Fátima Brito Borges, Secretária do Conselho de Administração da Santa Casa de Patrocínio; Sr. Augusto César Guimarães de Moura, Superintendente da Santa Casa do Patrocínio, Sr. Florisvaldo José de Souza (Valtinho), Vereador e Integrantes da Irmandade.                                     30727847 1792170674138437 2625042478981447680 nA lavanderia da Santa Casa de Patrocínio higieniza mais de 32.000 Kg de roupas mensalmente, funcionando 24 horas por dia e conta com 25 funcionárias.  Através da indicação de verba parlamentar do Prefeito Municipal, Deiró Moreira Marra, na época, Deputado Estadual, que disponibilizou R$ 272.000,00 foi possível a aquisição das máquinas lavadoras modernas. A Reforma do setor foi viabilizada através recursos próprios, no valor de R$ 108.530,65 e recursos do Prohosp (Programa da Secretaria de Estado de Saúde de MG) no valor de R$ 108.880,17, totalizando R$ 489.410,82 mil de investimento.

O Posto de Coleta de Leite Humano é uma conquista da Santa Casa de Patrocínio, que foi possível com a participação da Secretaria de Estado de Saúde que disponibilizou parte da

DSCN8518-minverba para concretização deste projeto.  A sua instalação é requisito para que a Santa Casa de Patrocínio possa ser habilitada e funcionar como Maternidade de Alto Risco que acolherá as parturientes com algum tipo de risco durante a gravidez sendo estes: problemas físicos psíquicos e sociais, prejudiciais a gestante e ao bebê

O Posto de Coleta atenderá, inicialmente, as mães que têm seus bebês internados na UTI Neonatal da Instituição, que terão, segurança e assistência profissional habilitada para ordenhar e armazenar de forma correta o leite de seu bebê, além de atender também parturientes internadas no Alojamento Conjunto e Enfermarias do hospital com o objetivo de orientar e auxiliar o início da amamentação visando o sucesso durante todo este processo até que o bebê complete, pelo menos 06 meses de vida.

A Diretoria da Santa Casa do Patrocínio agradece a todos os envolvidos para a concretização destes projetos, em especial ao Prefeito Deiró Marra por ter disponibilizado a verba parlamentar que viabilizou a aquisição das máquinas da Lavanderia e também aos colaboradores da Instituição que trabalharam arduamente, para reinaugurarmos a lavanderia hospitalar e inaugurarmos o Posto de Coleta de Leite Humano.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

Oportunidade de Emprego

 

 

 A vagas
 A Santa Casa de Patrocínio está disponibilizando vaga para Supervisor de Suprimentos. Formação: Graduação em Administração ou áreas afins. Desejável: Logística e Pós graduação. Deve comprovar experiência mínima de 4 anos na área e ter forte poder de negociação. Os candidatos que tiverem atuação na área da saúde será um grande diferencial. Os interessados devem comparecer no Departamento de Recursos Humanos, endereço: Praça Honorico Nunes, n.º 522; ou entrar em contato pelo telefone (34)3839-1022, tratar com Eloisa Cunha – Líder de Recursos Humanos. Venha fazer parte da família Santa Casa de Patrocínio, teremos prazer em recebê-lo

 

Menopausa e Climatério

DRA. TATIANE CHAGAS, GINECOLOGISTA E OBSTETRA DO CORPO CLÍNICO DA SANTA CASA DE PATROCÍNIO ESCLARECE SOBRE MENOPAUSA E CLIMATÉRIO

 menopausa-569Muito se fala a respeito de Menopausa e Climatério, sobre os sinais e sintomas que a mulher pode ou não sentir durante esse período. Mas afinal, o que é Menopausa? O que é Climatério? Eles são sinônimos? São doenças da mulher? Dra. Tatiane Chagas, ginecologista e obstetra do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio esclarece:

Climatério é a fase que envolve a transição entre o período reprodutivo e não reprodutivo da vida da mulher. A Menopausa é um marco dessa fase, correspondendo ao último ciclo menstrual ocorrido há 12 meses. Por se tratar de uma fase natural da vida da mulher o Climatério não é uma doença, mesmo que muitas vezes se apresente com diversos sintomas.

Espera-se que a Menopausa ocorra em torno dos 50 anos. Aproximadamente 5% das mulheres apresenta após os 55 anos (Menopausa tardia) e 5% entre 40 e 45 anos (Menopausa precoce). Nos casos em que ocorre antes dos 40 anos é considerada prematura (falência ovariana prematura).

Vários fatores estão envolvidos na determinação da idade da Menopausa. Mulheres com história familiar de Menopausa precoce têm risco aumentado de desenvolver Menopausa mais cedo, bem como aquelas mulheres que nunca tiveram gestação e mulheres tabagistas. Multiparidade e obesidade estão associados com Menopausa tardia.

As manifestações clínicas que a mulher pode apresentar durante o Climatério decorrem principalmente de alterações hormonais e seu início e duração podem ser variáveis entre as mulheres. Frequentemente, o primeiro sintoma é a mudança no padrão de menstruação, que pode apresentar tanto a redução, quanto aumento no seu volume.

Além disso, aproximadamente 70% das mulheres apresenta ondas de calor (fogachos) manifestadas principalmente no tórax e na cabeça, que podem ser acompanhadas por sudorese e por distúrbios no sono. Observa-se também a ocorrência de sintomas urogenitais, cursando com ressecamento vaginal, dor durante relação sexual (dispareunia), cistite e perda urinária.

A longo prazo, pode incrementar fatores de risco cardiovascular, pois no Climatério ocorre aumento da resistência insulínica, da gordura central, dos níveis do colesterol LDL e diminuição dos níveis do colesterol HDL. Ademais, ocorre diminuição na massa óssea e aumenta o risco de desenvolver Osteoporose.

O objetivo do tratamento dos sintomas climatéricos é melhorar a qualidade de vida da mulher. É importante a prática de exercícios físicos e adoção de alimentação equilibrada: com diminuição da ingestão de gordura e aumento do consumo de grãos e alimentos ricos em cálcio, como leite e seus derivados (queijo, iogurte, requeijão), espinafre, laranja lima e bebida à base de soja. Associado a essas medidas é importante o abandono do hábito de fumar, afim de reduzir a incidência de doenças crônicas.

 tatianeSomando-se às medidas de mudança de estilo de vida, existem as opções medicamentosas, como a Terapia Hormonal, os Fitoestrogênios e alguns medicamentos antidepressivos. Procure seu ginecologista para uma avaliação individualizada e baseada em seus antecedentes pessoais e familiares para escolha da melhor terapêutica, caso esteja indicada!

Dra. Tatiane, atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio e as consultas podem ser agendadas através do telefone 34 3515 2520. 

Conselho de Administração da Santa Casa define data para a realização da assembleia geral ordinária

assembleia Na última reunião do Conselho de Administração da Santa Casa de Patrocínio, realizada no dia 19/03/2018, a Diretoria da Instituição definiu o dia 17 de abril de 2018 como a data para realização da Assembleia Geral Ordinária da Instituição. Este evento é realizado anualmente no mês de março, onde os membros do Conselho de Administração prestam contas do ano anterior para os mais de 170 irmãos que integram a Irmandade Nossa Senhora do Patrocínio.

Excepcionalmente este ano, a Assembleia Ordinária da Irmandade Nossa Senhora do Patrocínio será realizada em abril por motivos especiais, como explica o Provedor da Santa Casa, José Carlos Dias:

“O Conselho de Administração da Santa Casa de Patrocínio definiu a data da Assembleia  de 2018 para abril com o objetivo de que os irmãos tenham condições de presenciar as melhorias realizadas na Lavanderia Hospitalar da Instituição, que passa por uma grande reforma, com a troca de equipamentos modernos e inauguração do Posto de Coleta de Leite Humano. Este último objetiva o credenciamento ao SUS  do Hospital como maternidade de Alto Risco. Estas obras devem ser finalizadas  no início de abril”

José Carlos Dias enfatizou que tanto a reforma da Lavanderia quanto a troca dos equipamentos do setor e, também, a construção do Posto de Coleta de Leite Humano somente foi possível graças a Convênios firmados junto à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, que disponibilizou uma parte do investimento.

Em nome de todo o Conselho de Administração, o provedor convida todos os irmãos a comparecerem à Assembleia Geral Ordinária da Irmandade Nossa Senhora do Patrocínio, que será realizada no dia 17/04/2017, às 19hs, no Auditório da Santa Casa.

A Assembleia Geral Ordinária será um momento de grande importância, onde será possível a comunidade, representada pelos irmãos, constatará que mesmo diante de todas as dificuldades financeiras a atual gestão da Santa Casa de Patrocínio se esforçou diariamente para que o Hospital pudesse continuar prestando um atendimento de excelência para a população de Patrocínio e Região. Comentou o provedor.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

 

 

Imagens Lavanderia:

 DSCN8140  DSCN8141

 

Imagens Posto de coleta 

 DSCN8146  DSCN8121

Março Lilás: Um alerta ao combate do câncer do colo do útero

fita-lilas-191x300

No mês de março, usamos a cor lilás para lembrar todas as mulheres da prevenção contra o câncer de colo uterino, além de alertar para os principais sinais e sintomas que devem direcionar a mulher a buscar ajuda médica.

O câncer de colo uterino é o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheres de todo o mundo e é causado pelo papiloma vírus humano (HPV) afetando, em sua maioria, mulheres entre 40 a 60 anos.

O HPV um tipo de vírus comum em maior parte da população podendo manifestar-se através de verrugas na mucosa da vagina, do pênis, do ânus, da laringe e do esôfago.

O Câncer do colo do útero pode apresentar desenvolvimento lento, levando de 10 a 20 anos, desde suas lesões iniciais até o aparecimento do tumor. 

A mulher adquire o vírus do HPV normalmente no início de sua vida sexual, porém alguns outros fatores favorecem o surgimento da doença, dentre eles:  Sexo desprotegido com múltiplos parceiros; Histórico de doenças sexualmente transmissíveis; Tabagismo; Idade precoce da primeira relação sexual e múltiplos partos.

Os sintomas dependem normalmente do estágio que a doença se encontra, no início poderá ser assintomática, mas em um estágio avançado, observa-se: Corrimento persistente de coloração amarelada ou rosa e com forte odor; Sangramento após o ato sexual e Dor pélvica. Em casos graves da doença, haverá surgimento de edemas nos membros inferiores, problemas urinários e comprometimento de estruturas extragenitais.

A prevenção do Câncer de Colo de Útero inicia-se na adolescência, através da vacinação contra o

Câncer cervical

vírus da HPV para meninas a partir dos 9 anos e meninos a partir dos 12 anos, oferecida pela rede pública de saúde. É importante destacar que a vacinação não substitui a realização do exame regular preventivo de citologia, o conhecido Papanicolau, geralmente realizado anualmente pelo médico ginecologista, que é capaz de identificar as lesões da doença precocemente.

O uso de preservativos também é de extrema importância, uma vez que que são capazes de evitar não somente a transmissão do HPV, que também pode ser transmitido no contato pele a pele entre as regiões genitais, mas de outras diversas doenças sexualmente transmissíveis.

O tratamento deste câncer consiste em cirurgias, radioterapia e quimioterapia algumas envolvendo a retirada parcial da lesão tumoral e outras compreendendo a remoção do útero

 Quem se ama se cuida! 

Doença renal crônica

 

rimDoença renal crônica (DRC) é a perda irreversível e gradual da função renal, que conduz ao desequilíbrio da homeostase, advinda de uma ou outra condição de saúde, algumas delas são as diabetestipos 1 e 2, glomerulonefrite que é a inflamação dos glomérulos (unidade funcional dos rins) 

Essa doença afeta a maioria dos sistemas e funções do corpo, inclusive a produção de glóbulos vermelhos, o controle da pressão arterial, a quantidade de vitamina D e a saúde dos ossos, também leva a um acúmulo de líquidos e resíduos no organismo.  Atinge cerca de 10% da população mundial de acordo com dados do IBGE (2015), afetando todas as idades com visibilidade maior entre 65 e 74 anos em homens e mulheres.

 A hemodiálise surge como alternativa que permite eliminar toxinas e excesso de água do organismo, que seria feito pelo organismo sem complicações. É feita através de uma máquina que limpa e filtra o sangue, função que o rim doente não pode fazer. O método retira do corpo os resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos, também controla a pressão arterial e ajuda o corpo sustentar o equilíbrio de substâncias como sódio, potássio, ureia e creatinina. O tratamento realiza-se em 3 sessões de 4 horas cada, perfazendo 12 horas semanais.

 Nos últimos anos, houve um crescente aumento no índice de pessoas com doença renal crônica. Diante de tal situação é extremamente importante que uma equipe de saúde assuma uma posição onde não foque somente a doença em si, mas todo o contexto do paciente com doença renal crônica.

 

CENTRO DE HEMODIÁLISE DA SANTA CASA DE PATROCÍNIO (MG).


Dia Mundial do Rim - Saúde da Mulher

 

 

 

Dia do rim 2

Dia Mundial do Rim - Saúde da Mulher 

No dia 08 de março de 2018 estamos comemorando o dia mundial do rim.  Serão realizadas ações em todo o mundo com objetivo de divulgar informações relacionadas à prevenção das doenças renaisAs doenças renais acometem 10% da população mundial, e são muitas vezes silenciosas, ausência de sintomas, sendo necessário fazer exames de urina e dosagem de creatinina para seu diagnóstico precoce.


Sintomas sugestivos de doenças renais: acordar à noite para urinar, urina com espuma, sangue na urina, inchaço em região de olhos e em pernas, descontrole de pressão arterial, cólicas renais. Em caso de doença renal terminal os sintomas são falta de apetite, náuseas, vômitos, perda de peso, fraqueza e pele amarelada.

Esse ano o tema das ações de prevenção é Saúde da Mulher cuide dos seus rins, já que a data coincidiu com o dia da mulher.

Quem cuida de todos também precisa de cuidados. As mulheres são vitais para a sociedade.

    Você está em risco:

 **Você está acima do peso ideal?

** você tem pressão alta?

***Você sofre de diabetes mellitus??

** há pessoas com doença renal na sua família?

** você fuma?

*** você tem mais de 60 anos?

** você tem problemas no coração ou nas veias das pernas?





 ATENÇAO: Se você respondeu sim para uma destas perguntas consulte seu médico. Você precisa dosar a creatinina no sangue e fazer um exame de urina.

 

 Atualmente a Santa Casa de Patrocínio atende a 154 paciente em hemodiálise.

 O Centro de hemodiálise da Santa Casa de Patrocínio possui equipe multidisciplinar, composta por três médicos nefrologistas; três enfermeiros; uma assistente social; uma psicóloga e uma nutricionista. O trabalho da equipe multidisciplinar tem como objetivo o cuidado ao paciente, tendo em vista a assistência em prol de um único propósito. Sendo assim, o trabalho visa contribuir integralmente para um atendimento de excelência ao paciente atendido.

Conheça a nossa equipe:
 Equipe Hemodialise-min
 Dr. Omar Caetano Cunha – nefrologista, Dra. Edma Nunes – nefrologista/RT, Dra. Ariane Gimenez Matim Reges- nefrologista, Gabriela Gonçalves de Melo– nutricionista, Liliane Chagas de Oliveira – psicóloga, Priscila Ap. F. Santos – assistente social, Marleida de Fátima Alves– enfermeira /RT, Rosane Barra Cândido – enfermeira, Guilherme Henrique do Amaral - enfermeiro

 

Palestra só para mulheres 09/03

 Palestra dia das mulheres

 Venha participar da palestra do Dia Internacional da Mulher! 

 O Poder de gostar de si mesma

Ministrada por Nilva Divina de Carvalho Ferreira 

         Terapeuta nivel 3 de Reiki e Massoterapeuta

Sexta feira dia 09/03 as 14h na sala de reuniões ao lado da oficina.

 

Vocês Mulheres estão todas convidadas! Não percam 

 

 

Nada faz uma mulher mais bonita do que acreditar que ela é linda.

Sophia Loren

 

Lordose e cifose, isso é normal? O médico ortopedista Dr. Felício Frange esclarece:

 A Lordose e a Cifose são normais! Caracterizam-se por curvas denominadas fisiológicas, sendo elas: 
 cifose e lor  

·        Lordose cervical

·        Cifose torácica

·        Lordose lombar

·        Cifose sacrococcígea 

 

Estas são curvas que são vistas na coluna vertebral quando a olhamos de lado, dando a coluna um aspecto em “S”. Tais curvas são consideradas patológicas (alteradas), quando há redução ou aumento acentuado de uma ou mais curvaturas, onde podemos ter a hiperlordose, hipercifose, retificação ou inversão da curva.

Quando olhamos a coluna de frente, vemos a coluna reta, e quando temos alguma curva nesta visão, denominamos ESCOLIOSE. 

 Dr. Felicio

 

Na dúvida, procure um especialista,

 

fique atento, cuide bem de sua coluna.

 

Dr. Felício atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio

 

eas consultas podem ser agendadas através

 

do telefone 34 3515 2565 ou 99166 9446. 

 

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

I Semana da Saúde - Compartilhando Saberes

 cartaz semana palestras 2018

I Semana da Saúde - Compartilhando Saberes

 Venha participar da Semana de palestras de 5 a 8 de março, organizada pela equipe multidisciplinar da Santa Casa de Patrocínio, estendido para todos os profissionais do município.

 Palestras com certificados de horas!

 Compartilhe seus conhecimentos, participe.

 Local: Santa Casa de Patrocínio, Salão próximo a oficina.

 

 

Santa Casa de Patrocínio recebe emenda parlamentar de 1,5 milhões para custeio

 

 

Thiago Miranda (Presidente HC Patrocínio), Vereador Panxita, Deputado Federal Leonardo Quintão, Gustavo Brasileiro (Vice-prefeito de Patrocínio) e Augusto Moura (Superintendente da Santa Casa Patrocínio).

No dia 21/02 o Superintendente da Santa Casa de Patrocínio Augusto Moura juntamente com o vice-prefeito Gustavo Brasileiro e o Vereador Paulo Roberto dos Santos (Panxita) estiveram em Brasília em reunião com o Deputado Federal Leonardo Quintão. Fruto desse encontro foi a disponibilização de uma emenda parlamentar no valor de R$ 1.500.000,00.

A emenda parlamentar foi assinada imediatamente pelo Deputado que garantiu o pagamento desta verba ainda no mês de março de 2018. Este valor será utilizado para o custeio das atividades hospitalares como, por exemplo, a compra de materiais e medicamentos.

O recebimento desta emenda será de grande importância para a Santa Casa de Patrocínio, uma vez que auxiliará no equilíbrio financeiro da Instituição, que está inserida em cenário de crise econômico-financeira que afeta praticamente todos os hospitais brasileiros.

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio agradece ao vice-prefeito Gustavo Brasileiro e ao vereador Panxita pelo grande empenho em ajudar a Santa Casa de Patrocínio a continuar a atender com excelência a população de Patrocínio e Região e registra, também, gratidão ao Deputado Leonardo Quintão pelo comprometimento com a saúde de nosso Município. Este que, além de disponibilizar a verba de R$ 1.500.000,00 para a Santa Casa, também se comprometeu em apoiar o Hospital do Câncer com uma verba de R$ 1.000.000,00.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

 

                                                     

 

 

Dra. Michelle Souza, endocrinologista da Santa Casa de Patrocínio, alerta sobre o Pré-Diabetes

pré-diabetesO pré-diabetes é a condição em que a pessoa apresenta maior risco para o surgimento de diabetes melito tipo 2.

Aproximadamente 25% das pessoas com pré-diabetes desenvolverão diabetes em 3-5 anos.

Exames para investigar essa doença devem ser feitos em todos os adultos com excesso de peso (IMC maior ou igual 25), com idade maior que 45 anos, sedentários (não fazem atividade física), com parentes portadores de diabetes, mulheres com história de diabetes gestacional, pessoas com pressão alta (com ou sem medicamentos de controle), entre outros.

OBS: cálculo do IMC => peso (em quilos) dividido pela altura (em metros) vezes a altura. Exemplo => paciente com 82kg e 1,65m de altura, IMC: 82 dividido por (1,65x1,65) = 82 dividido por 2,7225 = IMC: 30,11.

IMC => menor 18,5: abaixo do peso ideal; 18,5 a 24,9: peso normal; 25 a 29,9: excesso de peso; acima de 30: obesidade.

O principal exame a ser realizado consiste na glicemia de jejum (mínimo de 8h sem se alimentar). Se ela estiver menor ou igual 99mg/dl => sem diabetes; entre 100 a 125mg/dl => PRÉ-DIABETES; maior ou igual 126mg/dl => diabetes.

O tratamento consiste em prevenir o diabetes, preservar o pâncreas (responsável por produzir a insulina), além de identificar e tratar outros fatores de risco cardio-vascular. Algumas medidas eficazes são: mudança de estilo de vida, dieta com redução de gorduras e carboidratos e aumento de fibras, atividade física moderada (no mínimo 150min/sem), redução 5-10% do peso corporal, fim do tabagismo, acompanhamento médico especializado para avaliar exames e necessidade de medicação.

 Dra. Michelle Souza atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio, sala 37, contatos: (34) 3831-8899/ (34) 3831-3670/ WhatsApp (34) 988610039/ Facebook: Dra. Michelle Souza/ Instagram: @dramichellesouza3.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é nossa razão de ser.

 

 

 

Agradecimento

agradecimento

 

 

 

 

 

Tudo que você precisa saber sobre a mamografia

dia da mamografia

O Dia 05 de fevereiro foi comemorado o dia nacional da mamografia. A data foi instituída em 2013, com o objetivo de sensibilizar as mulheres sobre a importância de realizar o exame para a detecção precoce do câncer de mama que é uma das principais causas de morte entre mulheres no Brasil.

Para a detecção precoce do câncer de mama, o exame mais indicado para a mulher é a mamografia, para avaliação das mamas, feito com um aparelho de raio-X chamado mamógrafo. O exame pode identificar lesões benignas e cancerígenas, que geralmente se apresentam como nódulos, ou calcificações. A mamografia, realizada regularmente, pode reduzir em 30% as mortes por câncer de mama.

A mamografia é indicada a partir dos 40 anos e deve ser realizada anualmente. Para mulheres que possuem casos de câncer na família, em pare primeiro grau (mãe, irmã e/ou filha), a mamografia pode começar a ser feita aos 30 anos, uma vez que o risco de câncer de mama pode ser maior que o da população geral.

O exame é realizado por um profissional em radiodiagnóstico e as imagens são interpretadas por um médico radiologista, oncologista ou mastologista.

Para fazer o exame, a pessoa deve permanecer de pé, onde o técnico fará pelo menos duas imagens de uma mama, sendo uma de cada vez. A mama será comprimida firmemente entre duas placas planas a fim de espalhar o tecido mamário e reduzir a dose de radiação necessária para obtenção de uma imagem adequada. Cada incidência mamográfica dura apenas alguns segundos.

A compressão causada pela mamografia pode causar certo desconforto à mulher, mas não irá machucá-la. A paciente poderá prosseguir o seu dia normalmente após o exame.

Mulheres que têm implantes mamários farão um maior número de incidências mamográficas, geralmente quatro em cada mama. A compressão realizada durante o exame não causa nenhum dano às próteses.

Os homens também podem ter câncer de mama (em cada cem mulheres com câncer um homem poderá ter a doença). Por isso, a mamografia pode ser usada também na avaliação da mama masculina (no aumento do volume denominado de ginecomastia ou presença de nódulo palpável).

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

Santa Casa de Patrocínio amplia seu Corpo Clínico

É com grande satisfação que a Santa Casa de Patrocínio anuncia a ampliação de seu Corpo Clínico com a chegada de profissionais, que trazem novas especialidades e maior disponibilidade de atendimento a toda população de Patrocínio e região:

 

 

 

 

 

 

 

 

Dr. Daniel Oliveira Nunes Silva, graduado em medicina e especialista em cardiologia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), é medico integrante da equipe de plantonistas da UTI Adulto da Santa Casa de Patrocínio.

 

 

 

 

 

 

 

Dra. Larissa Beatriz Silva, graduada em medicina pela Universidade de Uberaba (UNIUBE), especialista em clínica médica pelo Hospital Mário Palmério de Uberaba-MG e em geriatria pelo Hospital de Base de São José do Rio Preto-MG.

 

 

 

  

 

Dr. Rafael Lucas Domiciniano de Oliveira, graduado em medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), especialista em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital da Unimed de Belo Horizonte, com sub-especialidade em cirurgia do pé e tornozelo também pela UFMG. Atende consultas no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio, que podem ser agendadas pelo telefone 34 99166 9446 (Luzia).

 

 

 

 

Gustavo Morais Alves, graduado em psicologia pela Universidade Newton Paiva (Belo Horizonte-MG), pós-graduado em Psicologia Clínica pela Universidade de Araraquara. Possui formação a nível internacional em tratamento da depressão pelo Instituto Beck na Philadelphia, Estados Unidos, referencia mundial no assunto e em saúde mental de adolescentes pela Universidade de Reading na Inglaterra. Atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio, através dos telefones: 34 3515 2542 ou 3515 2529.

 

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio deseja Boas Vindas e muito sucesso aos novos profissionais!

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

Hipertensão arterial: um assunto que não deve ser esquecido

 

HIPERTENSÃO-ARTERIAL-SISTÊMICA-1

A Hipertensão arterial sistêmica (HAS) é um tema que não podemos deixar de abordar, uma vez que no Brasil, a HAS atinge 32,5% (36 milhões) de indivíduos adultos, mais de 60% dos idosos, contribuindo direta ou indiretamente para 50% das mortes por doença cardiovascular (DCV).

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados da pressão arterial (PA), geralmente ≥ 140 e/ou 90 mmHg.

Os fatores de risco para desenvolvimento da HAS são a hereditariedade, idade, etnia, obesidade, ingestão de sal, sedentarismo e o consumo de bebida alcoólica.

A hipertensão mantém associação independente com eventos como morte súbita, acidente vascular encefálico (AVE), infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca, doença arterial periférica e doença renal crônica.

Sabe-se que o percentual de pacientes sob controle adequado ainda está longe do ideal, principalmente devido ao caráter assintomático da doença. Portanto, é preciso melhorar o reconhecimento e a eficiência do tratamento.

O tratamento da HAS inclui medidas não medicamentosas (como o controle ponderal, medidas nutricionais, prática de atividades físicas, cessação do tabagismo, controle de estresse, entre outros) e o uso de fármacos anti-hipertensivos que são capazes de reduzir claramente a mortalidade CV, AVE, infarto do miocárdio e insuficiência cardíaca.

A decisão terapêutica deve ser individualizada, respeitando a história e o exame clinico do paciente.

Agora que você tem todas as informações que precisa sobre a hipertensão e conhece os riscos que essa doença oferece, evite-a ao máximo, seguindo todas as medidas preventivas e orientações médicas.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 3839 1000

 

Texto de: Dra. Nicole Lauar Pimenta – CRM-MG: 48.834 Cardiologista  do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio. 

 

 

 

 

Conheça o programa de humanização hospital da Santa Casa de Patrocínio

humanização       Com o objetivo de acolher o paciente e seu acompanhante de forma mais humana, a Santa Casa de Patrocínio adota as diretrizes do Plano Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH), proposto pelo Ministério da Saúde.

 

     O PNHAH, do Ministério da Saúde, propõe um conjunto de ações que têm por objetivo mudar o padrão de assistência ao usuário nos hospitais brasileiros, melhorando a eficácia dos serviços hoje prestados por estas instituições hospitalares e tem como objetivo principal aprimorar as relações entre profissional de saúde e usuário, dos profissionais entre si e do hospital com a comunidade.

 

     Para atender aos objetivos propostos pelo Programa Nacional de Humanização Hospitalar, bem como adequá-lo a realidade da Instituição, o Grupo de Trabalho de Humanização é responsável por desenvolver ações direcionadas ao atendimento humanizado do paciente e seu acompanhante e dos profissionais envolvidos na assistência e áreas de apoio.

 

       O Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) da Santa Casa de Patrocínio é formado por uma equipe multidisciplinar, composta por equipe de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, área administrativa, dentre outros, que executam periodicamente ações de humanização descrita em Plano de Trabalho que segue as diretrizes do Plano Nacional de Humanização e é revisado anualmente.

 

         Entre as importantes ações do Plano de Trabalho de Humanização destacam-se:

 

  •            Aniversários do mês e Aniversariantes Dodói: um membro da equipe é responsável por cumprimentar os colaboradores e também os pacientes internados que fazem aniversário diariamente e a cada dois meses é realizado um café comemorativo e todos os funcionários são convidados para a confraternização;
  •           Orientação e Reunião com acompanhantes de pacientes: os membros do Grupo realizam semanalmente reunião com os acompanhantes dos pacientes com o objetivo de apresentar os direitos e deveres dos mesmos;
  •         Ouvidoria, que trata-se de um canal direto e aberto com a comunidade, visando acolher a demanda de sugestões e reclamações, buscando melhoria constante;
  •               Pesquisas de Satisfação com Usuários, que tem como objetivo visualizar indicadores de atendimento;
  •          Projeto Saúde do Trabalhador, que é desenvolvido visando a melhoria da qualidade de vida do colaborador através de orientações a Grupos Específicos e palestras educativas;
  •               Lembrança de todas as datas comemorativas da área da saúde, com a finalidade de conscientizar usuários, colaboradores e comunidade.

        Com a atuação do Grupo de Trabalho de Humanização, os procedimentos tornam-se mais acolhedores, facilitando a identificação, pelo usuário, dos profissionais que dele cuidam, o seu acesso à informação e seu direito de acompanhamento de pessoas de sua rede social, a educação continuada dos profissionais e a gestão participativa dos trabalhadores e usuários.

 

           Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

 

 

 

Vaga

vaga

 

 

 

Brinquedoteca Hospitalar: um importante benefício para a criança hospitalizada

010

A criança hospitalizada, geralmente é submetida a um desgaste físico e emocional em decorrência a sua patologia e as complicações inerentes a esta. É nesta situação que a brinquedoteca hospitalar exerce importante papel aliviando a dor e o sofrimento através da atenção, carinho, diversão, distração, desenvolvimento cognitivo e elevação da autoestima.

A Brinquedoteca Hospitalar é regulamentada pela lei n°11.104/05 como obrigatória nos hospitais brasileiros. O objetivo da Brinquedoteca Hospitalar é humanizar a saúde e promover o lúdico, contribuindo para uma recuperação mais eficaz e rápida, amenizando a dor e a angústia.

O brincar tira o foco da doença e da dor, mesmo que por alguns instantes. Os pais também devem participar, interagindo com os filhos na Brinquedoteca através de jogos e brincadeiras, com o objetivo de aliviar a tensão que sentem ficando com os filhos nos leitos. Os profissionais envolvidos, através das atividades lúdicas, podem explicar para a criança e seus acompanhantes a gravidade da doença, o tipo de tratamento e acalmá-los, ajudar a superar as dores, diminuir as tensões e conter a ansiedade

Na Santa Casa de Patrocínio há uma brinquedoteca móvel, recebida de doação do SERVAS - Serviço Voluntário de Assistência Social, órgão do governo estadual -  que é disponibilizada a todas as crianças internadas na Instituição. A Brinquedoteca conta, além dos brinquedos, com uma televisão e aparelho de DVD dando a possibilidade da criança assistir os desenhos que assiste em casa. Importante salientar que todos os brinquedos da Brinquedoteca da Santa Casa de Patrocínio são laváveis e desinfetados periodicamente, visando a não contaminação.

A Santa Casa também recebe doação de brinquedos, filmes e livros infantis para manutenção de nossa Brinquedoteca. Para doar, entre em contato através do e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000. 

 

 

 

Doação de órgãos e tecidos: o que você precisa saber

doacao-orgaos         A doação de órgãos ou de tecidos é o ato pelo qual manifestamos a vontade de doar uma ou mais partes do nosso corpo para ajudar no tratamento de outras pessoas.

  

​                A doação pode ser de órgãos (rim, fígado, coração, pâncreas e pulmão) ou de tecidos (córnea, pele, ossos, válvulas cardíacas, cartilagem, medula óssea e sangue de cordão umbilical). A doação de órgãos como o rim, parte do fígado e da medula óssea pode ser feita em vida. Para a doação de órgãos de pessoas falecidas, somente após a confirmação do diagnóstico de morte encefálica.

 

            A Morte Encefálica é a perda completa e irreversível das funções encefálicas, definida pela cessação das atividades corticais e de tronco encefálico, considerando, portanto, a morte da pessoa. (Resolução Nº 2.173, de 23 de novembro de 2017).

 

          No Hospital Santa Casa de Patrocínio, o processo de identificação de morte encefálica, através de protocolo específico e, consequente possível doação de órgãos e tecidos, é realizado pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), formada por equipe multidisciplinar (Médico, Enfermeiros, Fisioterapeutas, Psicólogos e Técnicos de Enfermagem), devidamente capacitada para tal, juntamente com a equipe do MG Transplantes de Uberlândia. 

  

            Todo paciente com diagnostico inicial de Acidente Vascular cerebral extenso, Traumatismo Craniano Encefálico Grave e Anoxias pós-parada Cardiorespiratória (Falta de oxigenação Cerebral) deverão ser considerados em alto grau de suspeita de evoluírem com morte encefálica.  Após identificação são realizadas provas clínicas juntamente com exames laboratoriais para uma definição e confirmação da morte encefálica, da seguinte maneira:

  

  •         Suspende-se a sedação do paciente por 24hs e então inicia-se o Protocolo de Morte Encefálica (ME);
  •         Realiza-se dois exames clínicos em intervalos que se diferem de acordo com a idade do paciente, em adultos, por exemplo, o intervalo de no mínimo são de 06 horas. Estes exames são realizados por um médico neurologista e outro médico de qualquer especialidade que tenha assistido o paciente.
  •         Cada exame clinico é composto por sete testes, sendo estes: Coma a perceptivo e arreativo (Glasgow 3); Reflexo óculovestibular (Prova calórica); pupilas fixas e arreativas; Reflexo córneo-palpebral; Reflexo oculocefálico; Reflexão de tosse ou vômitos e Teste de apnéia.
  •         Realização do Eletroencefalograma (EEG) como exame complementar padronizado pela Instituição visando completar o protocolo de morte encefálica. Obrigatoriamente o exame tem que estar laudado e assinado pelo médico neurologista responsável.

                Após realização de todos os procedimentos citados e confirmada a morte encefálica do paciente possível doador, a família do mesmo é comunicada pelo médico intensivista, sobre o resultado da condução do Protocolo e que o paciente está em óbito. Então, a família é abordada pela psicóloga hospitalar que informa a possibilidade de doação de órgão.

 

        Após a autorização da família, a equipe da CIHDOTT da Santa Casa avisa a Central do MG Transplantes de Uberlândia sobre a possibilidade de um possível doador.  A família do paciente é totalmente assistida pela equipe multidisciplinar, com todo apoio social e psicológico, são esclarecidas quaisquer dúvidas e também informado o tempo de libração do corpo para a celebração fúnebre, que pode variar de 02 a 05 dias, que corresponde o prazo de liberação dos exames laboratoriais e tempo de deslocamento da equipe médica de coleta de órgãos, que para nossa cidade, a referência é Belo Horizonte.

 

          A cirurgia para retirada dos órgãos é como qualquer outra, e todos os cuidados de reconstituição do corpo são obrigatórios pela Lei n° 9.434/1997. Após a retirada dos órgãos, o corpo fica como antes, sem qualquer deformidade. Não há necessidade de sepultamentos especiais.

 

           É importante ressaltar que o protocolo de morte encefálico brasileiro é considerado um dos mais completos e seguros do mundo.

 

            Se você quiser se tornar um doador, a atitude mais importante é informar esse desejo a seus familiares uma vez que, após sua morte, eles decidirão sobre a doação.

 

   Autor do texto: Jefferson Faria de Oliveira – Enfermeiro Responsável Técnico pela UTI Adulto da Santa Casa de Patrocínio.

 

       Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

 

 

 

Santa Casa de Patrocínio conta com nova cardiologista

foto logo santa casaA Santa Casa de Patrocínio, sempre empenhada em oferecer à população de Patrocínio e Municípios da região, novas especialidades médicas e, também, maior disponibilidade de atendimento, amplia seu corpo clínico com a chegada da médica, Dra. Nicolle Lauar Pimenta – CRM-MG 48.834.

Dra. Nicolle é médica, especialista em clínica médica pela FHEMIG, em cardiologia pelo Hospital Felício Rocho (Belo Horizonte) e em Ecocardiografia pelo Hospital Socor (Belo Horizonte).

A profissional está atendendo consultas no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio e podem ser agendadas através do telefone 34 3515 2549.

A cardiologista também já iniciou a realização de exames de ecocardiografia convencional, transtorácica e transesofágica, que podem ser agendados através do telefone 34 3831 3670 ou 3831 8899.

A ecocardiografia transtorácica é uma técnica não invasiva baseada na utilização de ultrasonografia para o estudo da anatomia do coração.

A ecocardiografia transesofágica é um método ultrassonográfico realizado por meio da introdução de sonda no esôfago, após anestesia local e/ou sedação, que permite, de forma complementar ao procedimento transtorácico, a obtenção de informações relevantes para o esclarecimento diagnóstico de alterações estruturais e/ou funcionais do coração.

A Santa Casa de Patrocínio valoriza e investe em melhorias de sua infraestrutura e de sua equipe de profissionais. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica.

 

 

 

Profissionais da Santa Casa em constante atualização

Os médicos do Corpo Clínico e a Equipe Multidisciplinar da Santa Casa de Patrocínio não param no tempo e estão em constante atualização para atender com maior qualidade e segurança os pacientes que procuram a Instituição.

 

 

arthur fisioterapeutaü O Fisioterapeuta, Arthur Ávila Oliveira, funcionário da Santa Casa de Patrocínio, atuante na UTI Adulto, teve seu trabalho de conclusão do curso de fisioterapia selecionado e exposto no VIII Congresso Brasileiro de Fisioterapia Desportiva, que aconteceu em Caldas Novas-GO, no período de 11 a 15 de outubro de 2017. O Trabalho intitulado Existe diferença da força quadricipital e glútea entre dançarinas com e sem síndrome da dor femoropatelar, cujo objetivo foi avaliar a força do glúteo máximo e glúteo médio e quadríceps com e sem síndrome da dor femoropatelar, foi exposto em forma de banner e apresentado no Congresso, cujo tema central abordado foi “Fisioterapia Esportiva em Movimento”, com programação voltada para a prevenção, avaliação, tratamento e reabilitação de disfunções do movimento humano. Buscando assim a essência da nossa profissão, a função humana, com foco nas lesões e disfunções inerentes aos esportes e aos exercícios físicos.

 

 


dr.lucas dr.arnaldo valeria

ü Nos dias 13 e 14/10/2017, aconteceu em São Paulo-SP, o 3º Simpósio Internacional de Endourologia, onde a Santa Casa de Patrocínio foi bem representada pelos médicos urologistas do Corpo Clínico Dr. Arnaldo Pereira e Dr. Lucas Neto Pereira e pela enfermeira pós-graduada em urologia Valéria Fagundes.  O simpósio é o maior evento dedicado à discussão de temas relacionados ao tratamento dos cálculos urinários do Brasil, seguindo a tendência dos modernos encontros endourológicos internacionais, neste evento foram visualizadas grande quantidade de cirurgias ao vivo, onde os casos foram discutidos entre os maiores especialistas na área.  Foi uma grande oportunidade de atualização para os urologistas, no que se refere a realização de cirurgias minimamente invasivas para tratamento dos cálculos urinários.


dr.guilherme neurocirurgiao

 

    ü  De 02 a 04/11/2017, o médico Neurocirurgião Dr. Guilherme Augusto Leonel de Magalhães, participou do IX Congresso Mineiro de Neurocirurgia na cidade de Uberaba-MG. Evento já tradicional na Neurocirurgia Brasileira, trata-se de uma ocasião de grande aprendizado, atualização e discussões acadêmicas inerentes a especialidade. 


anna gustavo enf

 

  ü No dia 08 de novembro, os enfermeiros Anna Christina Gonçalves, enfermeira responsável técnica e Gustavo Silva Vinhal, enfermeiro supervisor, estiveram presentes no Congresso Regional de Saúde, que foi realizado na cidade de Uberlândia-MG. O evento foi realizado para atualização e troca de experiências e teve foco em hospitais, clinicas e empresas da área de saúde.

 

 

     ü No mesmo dia, também na cidade de Uberlândia-MG, participaram da Reunião Técnica sobre Segurança do Paciente, realizada pela Superintendência Regional de Saúde de Uberlândia, os enfermeiros Jefferson Faria de Oliveira, responsável técnico pela UTI Adulto e Rosimere Nunes da Costa Guimarães, enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar. Na Pauta da reunião, estava o lançamento de três novos manuais da série Segurança do Paciente e Qualidade do Serviço em Saúde, sendo: Monitoramento e Investigação de Eventos Adversos Relacionados à Assistência à Saúde; Medidas de Prevenção e Critérios Diagnósticos de Infecções Puerperais em Parto Vaginal e Cirurgia Cesariana; Medidas de Prevenção de Infecção em Oftalmologia. 


Dr. Rogerio

 

    ü Dr. Rogério Queiroz, cardiologista de nosso Corpo Clínico, também se atualizou em novembro. O médico participou do Congresso Internacional de Cardiologia, realizado nos dias 09 a 16/11 na cidade de Anaheim, região metropolitana de Los Angeles. O Congresso é considerado a maior reunião de cientistas e profissionais de saúde que se dedicam à ciência da doença cardiovascular e seus problemas, projetado no intuito de melhorar cuidados com os pacientes comunicando os avanços mais oportunos e significativos em prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares de muitas perspectivas diferentes.

 

 

dr.wagner2

   ü  No período de 16 a 18 de novembro, o ortopedista Dr. Wagner Jorge Haguiara, participou do 49º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, que foi realizado na cidade de Goiânia-GO, onde foram apresentadas as tendências na Ortopedia brasileira e internacional. O médico também participou da Corrida 1ª Corrida Pré Congresso denominada Osssos Fortes, dando um exemplo da importância do exercício físico para a saúde dos nossos ossos.

 

 

dra.juliana dr.joao

  ü No mesmo período, de 15 a 18/11/2017, os médicos ginecologitas/obstetras Dra. Juliana Mara Souza e Dr. João Augusto Laguardia de Oliveira, participaram do 57º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, realizado na cidade de Belém-PA. Com o tema, Conhecimento,Amazônia, Biodiversidade, o Evento abordou as principais atualizações da especialidade, com temas importantes como a endometriose e a menopasa, além de levar o participante para conhecer a riquíssima região norte do país. 

 

 

congresso federação

  ü A superintendente da Santa Casa de Patrocínio, Ana Lúcia de Castro, participou, nos dias, 23 e 24/11/2017 do Encontro Federassantas (Federação das Santas Casas e Hospitais Filant de MG), no qual foram oferecidas oportunidades únicas aos gestores das instituições filantrópicas. A programação do Encontro contemplou palestras e oficinas com profissionais de referência no setor de saúde do Brasil, proporcionando aos dirigentes dos hospitais filantrópicos a capacitação, atualização e propostas de soluções para o enfrentamento das dificuldades presentes no dia-a-dia das instituições. Além disso, os participantes do evento puderam visitar, sem custos adicionais, a feira Expo-Hospital Brasil, um espaço para a prospecção de negócios e relacionamento entre fornecedores e as instituições de saúde, com os principais lançamentos da indústria da para o setor.

 

 

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio parabeniza os profissionais pela iniciativa de buscar novos conhecimentos constantemente e oferecer um atendimento de excelência. 

 

 

Santa Casa de Patrocínio! Saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

 

 

 

 

Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio conta com novo médico anestesiologista

foto geraldoA Santa Casa de Patrocínio, sempre empenhada em oferecer à população de Patrocínio e Municípios da região, novas especialidades médicas e também, maior disponibilidade de atendimento, amplia seu corpo clínico com a chegada do médico, Dr. Geraldo Ferreira Cortes Neto – CRM-MG 60.279.

Dr. Geraldo é médico anestesiologista, com residência médica realizada no Hospital São Francisco de Ribeirão Preto e experiência nas áreas de urgência e emergência e maternidade de alto risco.

Dr. Geraldo soma-se ao corpo clínico da Santa Casa, integrando a equipe de anestesiologia da Instituição, atuando nos plantões desta especialidade.

A Santa Casa de Patrocínio valoriza e investe em melhorias de sua infraestrutura e de sua equipe de profissionais. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

 

 

Dr. Castilho recebe merecida homenagem da associação médica de Minas Gerais

placa dr. castilhoEm outubro, em comemoração ao Dia do Médico, a Associação Médica de Minas Gerais homenageou o médico Psiquiatra e Especialista em Medicina do Sono, Dr. Louston Castilho Nobre Vieira, na categoria Médico Mineiro em Destaque do Ano de 2017.

Este prêmio é concedido aos profissionais que atuam no interior de Minas Gerais, destacando-se pelo exercício digno da profissão, comportamento ético e importância dos serviços prestados na Comunidade.

Dr. Castilho faz parte do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio há mais de 25 anos. É coordenador da Unidade de Saúde Mental da Instituição e sempre atendeu com muito carinho e competência todos os pacientes, contribuindo significativamente para o desenvolvimento do Hospital.

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio parabeniza este excelente profissional pela conquista merecida do mais profundo reconhecimento da classe médica mineira e agradece por contribuir positivamente com nossa Instituição e nossos pacientes.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato 3839 1000. 

 

 

 

 

Santa Casa recebe visita de Deputado Federal Caio Nárcio que anuncia emenda parlamentar no valor de R$ 500.000,00

IMG-20171115-WA0006Na tarde do dia 15/11/2017, a Santa Casa de Patrocínio recebeu a visita do Deputado Federal Caio Nárcio, que anunciou a destinação de uma emenda parlamentar para a Instituição no valor de R$ 500.000,00, a pedido do vereador Paulo Roberto dos Santos (Panxita).

O Deputado e seus assessores foram recebidos na Instituição pelo provedor, vice-provedor superintendente, gestores e líderes de setores da Santa Casa de Patrocínio, além de estarem presentes, também, o Presidente da Câmara de Vereadores, os vereadores Paulo Roberto dos Santos (Panxita) e Dr. José de Arimatéia, o Sr. Carlos Ibraim Daura e representantes da imprensa do Município.

O Deputado explicou que esse valor será destinado, através do Fundo Nacional de Saúde, para aplicação em custeio, ou seja, poderá ser utilizado pela Instituição para compra de materiais de uso único para a assistência e para pagamento de contratos de manutenção de equipamentos.

O provedor da Instituição, José Carlos Dias, agradeceu o esforço do Deputado Caio Nárcio e disse que é muito importante para a Santa Casa receber uma emenda parlamentar para custeio de gastos, considerando a situação econômico-financeira desfavorável que é vivenciada por todos os segmentos da saúde pública do Brasil. Complementou falando que esta verba ajudará o Hospital, que é referência em atendimento do SUS de Patrocínio e Região, continuar sua missão de atender uma população aproximada de 200.000 habitantes.

A superintendente, Ana Lúcia de Castro, também agradeceu a ação do deputado, enfatizando a importância de emendas parlamentares destinadas a custeio, para diminuir o déficit financeiro da Instituição. Aproveitando a oportunidade, a superintendente pediu auxílio do deputando quando ao financiamento do Programa de Residência Médica da Entidade, já que o mesmo também atua na área da educação e também para o recebimento de saldos devedores da Secretaria de Estado de Saúde junto à Instituição, aproveitando a presença do Sr. José Maia, que atuou como Deputado Estadual. 

 A Emenda Parlamentar já foi indicada à Santa Casa de Patrocínio, pelo Deputado Caio Nárcio, através do Sistema de Propostas do Fundo Nacional de Saúde e, o próximo passo é a publicação no Diário Oficial da União e o Empenho do valor anunciado. Somente após estes procedimentos, a serem executados pelo Ministério da Saúde, é que a verba será creditada no Fundo Municipal de Saúde e repassada para utilização da Instituição.

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio agradece a todos os envolvidos para que a Santa Casa pudesse ser agraciada por esta emenda parlamentar, principalmente ao vereador Paulo Roberto dos Santos (Panxita), que muito se empenhou para este acontecimento e, faz uso das palavras do Sr. Thiago Malagoli, presidente da Câmara Municipal, que disse que, independente de partido político, todos estavam reunidos naquele momento por uma causa nobre: manter a Santa Casa de Patrocínio em pleno funcionamento. 

 

 

14 de Novembro – Dia Mundial do Diabetes

fig3

 

Influência da atividade física para o equilíbrio e controle psicomotor dos diabéticos

Será que a falta de exercícios físicos prejudica os diabéticos, ou a própria doença exerce influência no equilíbrio e locomoção, causando quedas e lesões?

Os pesquisadores do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Viçosa realizaram um estudo utilizando tecnologia avançada para descobrir se o sedentarismo ou o diabetes seria a causa de tombos e dificuldades psicomotoras nos portadores da doença. Os resultados têm mostrado descobertas que podem auxiliar até os profissionais de saúde quanto à prescrição de atividades físicas para os diabéticos.

De acordo com o professor Paulo Roberto Amorim, que orientou a pesquisa, os diabéticos acabam perdendo a sensibilidade nas extremidades do corpo com o passar dos anos, que chega a ponto de sequer perceberem alguma lesão que não cicatriza facilmente. Isso também afeta a forma que os diabéticos caminham ou realizam atividades físicas, comprometendo ossos, músculos, articulações e a postura. O objetivo do estudo foi entender como ocorre esse mecanismo, para poder proporcionar melhora na qualidade de vida para os diabéticos.

Este trabalho foi desenvolvido para a dissertação de Mestrado “Impacto dos comportamentos ativos e sedentário sobre o equilíbrio, composição corporal e autocuidado em portadores de diabetes mellitus” do pesquisador Yuri de Lucas Xavier e co-orientado pela professora Amanda Piaia Silvatti. As avaliações foram realizadas no Laboratório de Análises Biomecânicas do Departamento de Educação Física. Foi utilizado um sistema optoeletrônico para analisar o movimento, tridimensionalmente, enquanto os pesquisadores avaliaram a marcha de voluntários com idades entre 40 a 70 anos, sendo: diabéticos na fase inicial da doença, diabéticos que apresentavam neuropatias e outros como grupo de controle, não diabéticos. Entre todos os achados, o baixo nível de atividade física associado ao Diabetes teve impacto negativo sobre os parâmetros de uma caminhada, aumentando o risco de quedas em 21% quando comparados com indivíduos sem a doença.

Isso demonstrou como a prática de exercícios fortalece a musculatura e o equilíbrio, podendo ser altamente recomendado para os diabéticos. Mesmo com a presença de neuropatias e evidente perda de sensibilidade, o fortalecimento dos músculos ajudam a preservar o equilíbrio e controle psicomotor. O professor ainda complementa que o exercício deve ser começado o quanto antes, podendo proporcionar maiores benefícios.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), Diabetes é uma doença crônica o corpo não é capaz de utilizar a sua própria insulina, ou em alguns casos nem mesmo chega a produzi-la. A insulina é um hormônio que tem como principal função controlar os níveis de glicose sanguínea e assim podemos usa-la como fonte de energia proveniente dos alimentos que ingerimos. Se a insulina não funciona adequadamente, a quantidade de glicose fica elevada (hiperglicemia) e pode causar danos nos órgãos, vasos sanguíneos e nervos. Atualmente, as estatísticas apontam que ao menos 13 milhões de pessoas convivem com o Diabetes, e o número aumenta todos os dias. O diagnóstico é de extrema importância para evitar as complicações da doença.

 O Dia Mundial do Diabetes foi instituído em 1991, por uma resolução das Nações Unidas, tendo sido escolhido o dia 14 de novembro em comemoração ao nascimento do canadense Frederick Banting, descobridor - juntamente com Charles Best - da aplicação de insulina (1921).

Neste ano de 2017, mais de 160 países participam das atividades, iluminando monumentos e promovendo campanhas de conscientização e prevenção. O Hospital Santa Casa de Misericórdia de Patrocínio é uma das instituições que apoia a causa e neste mês disponibilizando folders, cartazes e palestras para seus pacientes e funcionários.

            “A Diabetes não é o fim do mundo, mas sim um novo mundo a ser descoberto” (APDJ - Associação Pernambucana de Diabetes).

Even Jheice Calixto Oliveira (Estagiária de Nutrição – UFV)

Carolina Pereira Zuconi (Professora Supervisora – UFV)

Andreia Cristina Lourenço (Nutricionista Santa Casa de Patrocínio)

Francielly dos Reis Rosa Santos (Nutricionista da Santa Casa de Patrocínio)

Gabriella Gonçalves de Melo (Nutricionista da Santa Casa de Patrocínio)

 

 

 

 

Corpo clínico da Santa Casa conta com nova médica especialista em ultrassonografia

dra ila santa casaA Santa Casa de Patrocínio, sempre empenhada em oferecer à população de Patrocínio e Municípios da região, novas especialidades médicas e também, maior disponibilidade de atendimento, amplia seu corpo clínico com a chegada da médica, Dra. Ila Graebin Oliveira – CRM-MG 65.721.

Dra. Ila é médica, pós-graduada em Ultrassonografia Geral e atende no Centro Médico da Instituição.

Os agendamentos de exames podem ser realizados através do telefone 34 3515 2511.

A Santa Casa de Patrocínio valoriza e investe em melhorias de sua infraestrutura e de sua equipe de profissionais. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica.

 

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser!  Contato: 34 3839 1000.

NOVEMBRO AZUL: A SANTA CASA DE PATROCÍNIO APOIA ESTA CAUSA

2016-11-09-selo-novembro-azul-1NOVEMBRO AZUL: A SANTA CASA DE PATROCÍNIO APOIA ESTA CAUSA

O Novembro Azul começou em um Pub, na Austrália, em 1999 com um grupo de amigos teve a ideia de deixar o bigode crescer durante todo o mês como apoio à conscientização da saúde masculina, surgindo, assim, o símbolo da campanha, o bigode. O mês de novembro foi o escolhido por comemorar no dia 17 o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

No Brasil, a campanha foi iniciada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia e denominada “Novembro Azul”, onde a cor azul, juntamente com o bigode, se tornaram os símbolos da conscientização da prevenção do Câncer de Próstata.

O Câncer de Próstata caracteriza-se pelo crescimento desordenado da próstata, a glândula responsável pela produção do esperma, localizada no aparelho reprodutor masculino.  Esse é o segundo tipo de câncer mais mortal, sendo que atinge um em cada seis pessoas do sexo masculino, matando um homem a cada 40 minutos. A doença em seu início não apresenta nenhum sintoma, por isso é de muito importante à realização de exames de toque e de sangue periódicos, que são complementares, uma vez que somente o exame de sangue não diagnostica, devendo fazer ambos.

Normalmente, os homens são mais resistentes para cuidar de sua saúde de forma preventiva e procurar um médico regularmente. Por isso, na maioria das vezes, a doença é descoberta tardiamente, sendo que 95% dos casos de câncer de próstata já se encontram em estágio muito avançado e grave quando os sintomas começam a aparecer. Por isso é tão importante prevenir-se e descobrir a doença na fase inicial, quando as chances de cura são maiores.

Os sintomas mais comuns, que só aparecem na fase avançada da doença, são: vontades urgentes e repentinas de urinar, dificuldade para urinar, diminuição no jato de urina, aumento da frequência urinária, dores corporais e ósseas, insuficiência renal e fortes dores.

A doença atinge principalmente homens acima dos 50 anos de idade, pessoas que devem realizar os exames citados anualmente. Aqueles com história de câncer na família correm mais risco, antecipado o início dos exames anuais aos 45 anos de idade.

Importante salientar que adotar alguns hábitos, podem diminuir os riscos da doença, dentre eles, destacam-se: Uma dieta saudável. Rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais; atividade física pelo menos 30 minutos, 5 vezes na semana; controle de Peso; diminuição do consumo de álcool e não fumar, que é a principal regra para evitar qualquer tipo de câncer.

Em apoio a esta causa tão importante, A Santa Casa de Patrocínio, em parceria com o Médico Urologista Dr. Lucas Pereira e o Laboratório Santos, disponibilizará 50 consultas gratuitas e os exames de sangue de PSA Total e PSA Livre por apenas R$ 30,00 (os dois), aos homens com 50 anos ou mais.

Para participar, os interessados devem procurar a Administração da Santa Casa (Telefone 3839-1050 – Aline ou Janaina) e se cadastrar. As consultas serão agendadas aos sábados do mês de novembro no Pronto Atendimento da Instituição. 

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000 .

 

logos

 

 

 

Novembro Azul

campanha externa

 

 

 

Agência Transfusional da Santa Casa de Patrocínio organiza doação de sangue no hemocentro de Uberlândia

Muitas pessoas desconhecem, mas, a Santa Casa de Patrocínio possui uma Agência Transfusional que funciona 24hs dentro da Instituição, que tem como função, armazenar sangue e seus derivados, realizar exames imuno-hematólogicos pré transfusionais, liberar e transportar os produtos sanguíneos para as transfusões nos setores intra-hospitalares destinados à população do Município e Região que necessitarem.

Nossa Agência Transfusional recebe o sangue e seus hemocomponentes do Hemocentro Regional de Uberlândia e, como forma de repor os estoques de sangue para que o mesmo não falte, o técnico de enfermagem da Santa Casa Carlos Henrique de Oliveira e a Igreja Adventista do Sétimo Dia, representada pelo médico cardiologista Dr. Itamar Bernardes Eugênio, organizam, a cada três meses, uma van que levam pessoas da comunidade patrocinense até o município de Uberlândia para realizar doações sanguíneas. 

Doadores patrocinenses no Hemocentro Regional de Uberlândia

agencia transfusional

O veículo que leva os doadores até Uberlândia é disponibilizado por uma pessoa da Comunidade que prefere não se identificar, sem ônus. O técnico de enfermagem, Carlos Henrique agenda junto ao Hemocentro e todo o fluxo é combinado através de um grupo de Whatsapp idealizado pelos organizadores e, geralmente acontece no último sábado do mês, trimestralmente.

A Diretoria e a Coordenação de Enfermagem da Santa Casa de Patrocínio apoiam e parabeniza os organizadores pela iniciativa e os doadores pela disponibilidade. Em muitos casos, a transfusão de sangue é a única esperança de vida para nossos pacientes. Tem sempre alguém esperando uma doação.

Para maiores informações, entre em contato com Dr. Itamar, através do e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa Razão de Ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pediatras da Santa Casa de Patrocínio prestigiaram o 38º Congresso Brasileiro de pediatria

IMG-20171014-WA0000

 Aconteceu em Fortaleza-CE, o 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, com o tema: “Eu pediatra, cuidando do futuro do Brasil”, realizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria, durante o período de 10 a 14/10/2017.

O Congresso tratou de importantes assuntos como: Imunização, Cuidados Paliativos em Pediatria, Emergências Pediátricas, Desafios Atuais na Nutrição Infantil, Reanimação Neonatal Para Médicos, entre outros.

Simultaneamente ao Congresso, aconteceram também:  1º Simpósio de Aleitamento Materno, 15º Congresso Brasileiro de Ensino, 10º Congresso Brasileiro de Pesquisa, 3º Congresso Brasileiro de Médicos Residentes, 3º Encontro de Ligas de Pediatria e o 10º Congresso Brasileiro de Reumatologia Pediátrica. dr.paulo caixeta

Os Pediatras do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio, Dr. Paulo Caixeta de Araújo e Dr. Darlan Martins de Oliveira, prestigiaram o evento, com o objetivo terem um acesso a atualizações recentes na especialidade para melhor assistir as crianças, os adolescentes e suas famílias.

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio parabeniza a iniciativa dos médicos pediatras em busca da m
elhoria constante da qualidade do atendimento dos nossos pacientes. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

 

 (Fotos: Dr. Darlan Martins de Oliveira durante o evento/ Dr. Paulo Caixeta de Araújo com Dr. Yvan Vandenplas (Prof. Chefe do Departamento de Pediatria da Universidade de Bruxelas) e com Dra. Luciana Rodrigues da Silva (Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria).

 

 

Dr. Otávio Nunes Sia, médico do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio se torna Membro Titular da Sociedade Brasileira de Coloproctologia

dr otavio

Em setembro/2017, Dr. Otávio Nunes Sia, médico Coloproctologista da Santa Casa de Patrocínio recebeu a graduação de Membro Titular pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia.

Esse título é concebido para os Cirurgiões Colon Retais que possuem alta capacitação na área e comprovam competência em provas teóricas e práticas, considerada a mais alta graduação em relação a esta especialidade.

“Sinto-me muito honrado em alcançar a posição de membro Titular de Sociedade Brasileira de. É um reconhecimento enorme pelos anos de estudo e dedicação à especialidade. Espero poder contribuir cada vez mais de maneira técnica e ética com meus pacientes, proporcionando saúde e bem-estar a todos", comenta Dr. Otávio. 

Dr. Otávio Nunes Sia graduou-se em medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, seguido de residência em Cirurgia Geral pela FHEMIG e Coloproctologia pelo Hospital Santa Marcelina em São Paulo - SP. 

A Santa Casa de Patrocínio parabeniza o especialista por esta conquista de reconhecimento nacional do nível técnico do nosso Corpo Clínico.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

 

 

Residentes da Santa Casa de Patrocínio tem trabalho aprovado no congresso brasileiro de clínica médica

residentes

O Primeiro Programa de Residência Médica da Santa Casa de Patrocínio já colheu bons frutos. Os médicos residentes Dra. Elaine Melo, Dra. Leila Fraga, Dr. Wallace Pereira do Segundo Ano   tiveram dois trabalhos aprovados no 14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica, que aconteceu nos dias 04 a 06 de outubro de 2017 na cidade de Belo Horizonte.

Os trabalhos intitulados: Perfil Epidemiológico e Preditores de Mortalidade de Idosos na Unidade de Terapia Intensiva e Prevalência de Delirium em Pacientes Idosos na Unidade de Terapia Intensiva que tiveram como campo de estudo a UTI Adulto da Santa Casa de Patrocínio e foram aprovados para exposição em banner e publicação nos anais do Congresso Brasileiro de Clínica Médica e também aprovados na forma de e-pôster no IX Congresso de Geriatria e Gerontologia de Minas Gerais.

A Diretoria Santa Casa de Patrocínio parabeniza os médicos residentes, fica muito feliz pelo projeto da Residência Médica gerar resultados positivos e acredita que este é somente um primeiro para que a Instituição seja reconhecida como Hospital de Ensino e Pesquisa.

Importante ainda, registrar as presenças no Congresso Brasileiro de Clínica Médica do médico coordenador do Programa de Residência Médica em Clínica Médica da Santa Casa de Patrocínio Dr. José de Arimatéia Neves e da médica residente do primeiro ano Dra. Grasielle Santana.

A Santa Casa busca constantemente a atualização técnica e valorização de seu Corpo Clínico e quadro de colaboradores, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica.

 Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser, Contato: 34 3839 1000.

 

 

Santa Casa realiza primeira Jornada Científica dos médicos residentes

jornadacientificaNos dias 29 e 30 de setembro foi realizada a Primeira Jornada dos Médicos Residentes da Santa Casa de Patrocínio.

A Jornada contou com a participação de médicos e equipe multidisciplinar que trabalha na área de saúde do Município de Patrocínio.

034Prestigiaram o evento o provedor da Santa Casa de Patrocínio, José Carlos Dias, que ressaltou os benefícios que a implantação do Programa de Residência Médica em Clínica Médica trouxe para a Instituição e para Patrocínio; a superintendente da Santa Casa de Patrocínio, Ana Lúcia de Castro, que relembrou que, mesmo com todas as dificuldades iniciais, a diretoria Santa Casa, juntamente com Dr. José de Arimatéia, idealizador da implantação do Programa.

041Temas importantes para a área da saúde foram abordados durante o evento, dentre eles: Choque Circulatório, que foi abordado pelo Dr. Daniel Chadud Matoso, médico assistente da UTI Neurológica e preceptor de Residência Médica do Hospital das Clínicas de Uberlândia; A importância da a Intolerância Alimentar nas Doenças do Aparelho Digestivo, abordado pela Dra. Abadia Gilda Buso Matoso, Professora de Semiologia e Gastroenterologia da Universidade Federal de Uberlândia; Hemorragias Digestivas não Varicosas, abordado pelo Dr. José do Carmo Júnior, Professor da Universidade de Uberaba, médico do Hospital Universitário (UNIUBE) e Coordenador do Pronto Socorro Municipal;  A Abordagem Atual do Acidente Vascular Cerebral, abordado pelo Neurocirurgião e membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia Dr. Guilherme Augusto Leonel de Magalhaes; Novas Drogas na Antibioticoterapia e Antibióticos Intra-Hospitalares, abordado pelo médico, Dr. Gustavo Camargo Lopes, Infectologista do Hospital das Clínicas de Uberlândia e Coordenador do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da Santa Casa de Patrocínio.042

Além destas importantes palestras, os médicos residentes em clínica médica da Santa Casa de Patrocínio tiveram a oportunidade de apresentarem alguns Casos Clínicos interessantes que vivenciaram durante o período de estágio nas diversas áreas de atuação.

022Não podemos deixar de agradecer o apoio dos parceiros que ajudaram na realização deste importante evento científico: Unimed Patrocínio, Unicerp e Laboratório MSD. 

A Santa Casa de Patrocínio valoriza e investe em melhorias de sua infraestrutura e de sua equipe de profissionais. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência à saúde.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

 

 

Dra. Marcela, mastologista do corpo clínico da Santa Casa de Patrocínio, explica por que ainda precisamos do outubro rosa?

marcela-minÉ chegado outubro, e com ele a campanha de conscientização a cerca do Câncer de Mama. O Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos e alcançou o mundo. Chegou ao Brasil no ano de 2002 e desde então tornou-se um movimento tradicional em todo território nacional. Mas depois de tanto tempo, será que ainda precisamos falar sobre isso? Dra. Marcela Rosa Dias, Mastologista do Corpo Clínico da Santa Casa, nos explica porque este mês é tão importante para as mulheres.

Sim, ainda precisamos porque a cada ano no Brasil mais de 57mil mulheres são acometidas por esta doença e mais de 14mil mulheres falecem em decorrência deste tumor.  São números que falam por si mesmos.

Ainda precisamos porque a grande variável que define a probabilidade de cura do câncer de mama é o estágio em que ele é descoberto. Ou seja, quanto menor a lesão, maior a chance de cura do tumor. Também a possibilidade de cirurgias menos mutiladoras é maior quanto menor a lesão descoberta.

O diagnóstico e o tratamento do câncer de mama vêm se aprimorando ao longo do tempo, mas, apesar de toda a evolução, a mamografia continua sendo a principal arma do diagnóstico precoce de câncer de mama.

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) recomenda que a mamografia seja feita a cada dois anos, dos 50 aos 69 anos – faixa de maior incidência de câncer de mama. Mas organizações como a Sociedade Brasileira de Mastologia, a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), o Colégio brasileiro de Radiologia e a Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantróicas de Apoio à Saúde da mama) defendem a mamografia anual a partir dos 40 anos.

A recomendação de mamografia anual a partir dos 40 anos baseia-se em estudos realizados na Suécia que mostraram uma queda de 15 a 30% na mortalidade após implementado o rastreamento populacional com mamografia periódica.

A grande polêmica acerca da realização da mamografia antes dos 50 anos foi gerada devido um trabalho de pesquisadores canadenses que acompanharam 90 mil mulheres entre 40 e 49 anos e verificaram que 1 em cada 5 casos de câncer de mama diagnosticados pelo exame durante o estudo não representavam uma ameaça a saúde, portanto não precisaria ser combatido com qualquer tipo de tratamento. É o que se chama de “overdiagnose”, isto é, diagnóstico exagerado. De fato, alguns tumores não evoluem de modo lesivo, mas mesmo pequenos tumores podem ser muito agressivos. Como ainda não há maneiras de diferenciá-los, removem-se e tratam-se todos. Devemos também considerar que a realidade do nosso país é bem diferente da situação canadense e o acesso aos serviços de saúde não são equiparáveis.

106-min

Vale lembrar que a realização do rastreamento por mamografia para mulheres a partir dos 40 anos é um direito garantido por lei em nosso país (Lei 11.664 de abril de 2008).

Diante destes fatos, não temos dúvidas que levar conhecimento e oportunidade de diagnóstico precoce a todas as mulheres ainda é um objetivo a ser perseguido. Então.... que venha  mais um Outubro Rosa!

E, como forma de incentivo a prevenção, neste mês de outubro, a Santa Casa de Patrocínio está com preços especiais nos exames de mamografia e densitometria óssea! Aproveite e marque seus exames através do telefone (34) 3839 1092.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

 

 

 

 

Dr. Gustavo Pinto, médico especialista em psiquiatria, responde sobre a Contenção Mecânica

gustavo psquiatraDr. Gustavo Alberto Magalhães Pinto, médico especialista em psiquiatria e Plantonista da Unidade Hospitalar de Saúde Mental da Santa Casa de Patrocínio, respondeu à Assessoria de Comunicação da Instituição, importantes questões sobre a prática da Contenção Mecânica.

Dr. Gustavo, o senhor pode nos esclarecer o que é Contenção Mecânica?

A Contenção Mecânica é uma medida terapêutica que deve ser usada de forma adequada e específica para que surta o efeito desejado, de maneira segura e eficaz, evitando danos aos pacientes e aos profissionais envolvidos na técnica, sendo para tal, uma maneira de determinar o limite do comportamento do paciente violento e/ou agitado. Esta prática deve ser realizada por equipes treinadas, com técnica adequada. É importante atribuir o mesmo valor à contenção tal como as demais técnicas que são utilizadas no trabalho em saúde.

E quais são os objetivos da aplicação da Contenção Mecânica no paciente agitado e/ou violento?

A Contenção Mecânica é utilizada para restringir os movimentos do paciente agressivo ou agitado, quando esse oferece perigo para si e para terceiros, através de dispositivos mecânicos, possibilitando o uso de faixas, um relaxamento progressivo, uma diminuição da agressividade e/ou agitação e uma percepção dos limites corporais. A realização desta medida terapêutica deve ser uma conduta excepcional e cercada de todos os cuidados para que a ação sobre o paciente seja a menos lesiva possível, devendo constar no projeto terapêutico individual de cada pessoa. É utilizada somente após serem esgotadas todas as alternativas como abordagem verbal, mudanças no ambiente, eliminação de fatores externos que podem influenciar negativamente o comportamento do paciente, dentre outros.

Quais são as indicações para que sejam feitas as Contenções Mecânicas?

1 - Paciente com agitação psicomotora, confusão mental, agressividade/violência em relação a si próprio e /ou a outros;

2 - Imobilização para prevenção de quedas após sedações, visando a segurança do próprio paciente;

3 - Alto risco de degradação do ambiente;

4 - Por solicitação do próprio paciente quando houver risco de agitação psicomotora;

5 - Para realização de alguns tipos de exames ou tratamentos, para pacientes não colaborativos na manutenção de sondas, cateteres, drenos, curativos, etc.

Quem pode prescreve a Contenção Mecânica?

A Resolução no 1952/2010 do Conselho Federal de Medicina – que trata das as diretrizes para um modelo de assistência integral em saúde mental no Brasil - sinaliza que a indicação e a prescrição de contenção física ao paciente psiquiátrico competem somente ao médico. A contenção mecânica está fundamentada no Código de Ética Médica, nas Resoluções e Pareceres do Conselho Federal de Medicina e nas Portarias do Ministério da Saúde que normatizam os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS): Resolução CFM 2.057/2013, Resolução CFM 1.952/2010, Processo Consulta nº 8.589/10 - CFM (01/11), Parecer nº 1.317/01-CRMPR, Portaria 224/1992, Portaria MS/GM 336/2002, Portaria MS/GM 3088/2011 e Portaria MS/GM 121/2012.

Dr. Gustavo lembra que as instituições de saúde devem oferecer as condições de segurança aos pacientes e aos profissionais de saúde adequadas ao atendimento dos pacientes, que vão desde boas instalações e equipe multiprofissional, bem como capacitação técnica a todos os profissionais de saúde para exercerem todas as suas funções terapêuticas necessárias à correta assistência aos doentes, inclusive contenção, quando necessária.

 

Em comemoração ao dia mundial do coração, 27/09, a equipe de cardiologia da Santa Casa de Patrocínio dá dicas para reduzir doenças cardíacas.

Sem título-minPequenas mudanças de hábitos podem fazer grande diferença e evitar várias patologias cardiovasculares. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, estas doenças são responsáveis por quase 30% do total de mortes.

A equipe de cardiologista da Santa Casa de Patrocínio alerta que entre os principais fatores de risco para o infarto e outras doenças relacionadas ao coração estão o tabagismo, obesidade, hipertensão, diabetes, colesterol e a vida sedentária.

Mudanças no estilo de vida são fundamentais para reduzir o risco de doenças cardíacas: Praticar atividades físicas; ter uma alimentação balanceada; controlar o colesterol, a pressão arterial e o diabetes; evitar fumar; consumir moderadamente álcool e sal e usar corretamente a medicação indicada pelo médico, quando fo caso, são exemplos do que deve ser feito para evitar doenças arteriais coronárias, acidentes vasculares cerebrais (AVC/Derrame) e outros problemas.

Além disso, o estresse tem se tornado um fator de risco recorrente, inclusive entre os jovens. A alta liberação de hormônios como a adrenalina e cortisol provocam instabilidade e elevam a pressão sanguínea e os batimentos cardíaco podendo provocar infarto ou AVC.

A equipe explica que o número de pessoas acometidas por doenças cardíacas com menos de 40 anos também tem crescido, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia e uma das explicações para esses fatores é que "o brasileiro não se trata", em torno de 80% dos hipertensos sabem que se cuidar, mas não adotam reeducação alimentar ou atividades físicas. Muitos também não tomam os remédios indicados para o tratamento, inclusive porque esse tipo de doença não costuma apresentar muitos sintomas. Caso tudo isso fosse feito, a pessoa hipertensa poderia ter mais 16,5 anos de expectativa de vida.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

 

 

Corpo clínico da Santa Casa conta com nova médica especialista em endocrinologia e medicina do esporte


dra micheleA Santa Casa de Patrocínio, sempre empenhada em oferecer à população de Patrocínio e Municípios da região, novas especialidades médicas e também, maior disponibilidade de atendimento, amplia seu corpo clínico com a chegada da médica Dra. Michelle Bruna Souza – CRM-MG 47.850

Dra. Michelle Souza é médica, pós-graduada em Endocrinologia, Metabologia e Medicina do Esporte, com experiência no tratamento da obesidade, diabetes, transtornos da tireoide, entre outros distúrbios metabólicos e endocrinológicos.

Dra. Michelle soma-se ao corpo clínico da Santa Casa, e atende no Centro Médico da Instituição. Os agendamentos de consultas podem ser realizados através do telefone (34) 3515-2563, (34) 3831-5875 e (34) 98881-5444.

A Santa Casa de Patrocínio valoriza e investe em melhorias de sua infraestrutura e de sua equipe de profissionais. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica.

 Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

Diretoria da Santa Casa de Patrocínio participa de Oficina para definição da Rede de Urgência e Emergência em Uberlândia

Foto3 oficina uberlandiaA Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES–MG) por meio da Coordenação Estadual de Urgência e Emergência, da Superintendência Regional de Saúde de Uberlândia e de Ituiutaba realizaram na última semana (dias 21 e 22/09/2017) a Oficina de Desenho do Plano de Ação Regional (PAR) da Rede de Atenção às Urgências e Emergências na Região Ampliada de Saúde Triângulo Norte, com o objetivo de discutir as demandas dos serviços de Foto1 oficina uberlândiaurgência e emergência, analisar a capacidade instalada para a ampliação e qualificação da Rede nos 27municípios da região e aprovar o PAR.

A Rede de Atenção às Urgências e Emergências é composta por diferentes pontos de atenção, como: Atenção Primária (Unidades Básicas de Saúde); SAMU; Unidades de Pronto Atendimento (UPA´s); componente hospitalar que é constituído pelas portas hospitalares de urgência, pelas enfermarias de retaguarda clínica, pelos leitos hospitalares de cuidados intensivos; leitos de cuidados prolongados e linhas de cuidados prioritárias, como a linha de cuidado ao trauma, linha de cuidado do Infarto Agudo do Miocárdio e a linha de cuidado ao Acidente Vascular Cerebral e o serviço de Atenção Domiciliar.

A Diretoria da Santa Casa de Misericórdia Nossa Senhora do Patrocínio esteve presente na Oficina, juntamente com Foto2 oficina uberlandiaa Secretaria de Saúde do Município, visando participar da votação para definir e validar os componentes que integram a Rede de Urgência e Emergência e o papel do Município de Patrocínio dentro desta Rede.

No evento, também foi prevista a implantação das Linhas de Cuidados Prioritárias abordadas na Rede de Urgência e Emergência, para atendimento aos usuários acometidos com Acidente Vascular Cerebral, Infarto Agudo do Miocárdio e Trauma, além da proposta de implantação de Serviços de Atenção Domiciliar. 

A Santa Casa de Patrocínio foi classificada dentro da Rede de Urgência e Emergência como Hospital Geral e definiu a implantação da Linha de Cuidado ao paciente vítima de Trauma, no que se refere aos atendimentos de média complexidade. Em médio prazo, a Instituição definiu, juntamente à Secretaria Municipal de Saúde de Patrocínio e Superintendência Regional de Saúde de Uberlândia, o aumento de leitos de clínica médica, leitos de UTI Adulto e UTI Pediátrica, que poderão ser habilitados até o ano de 2020.

A superintendente da Santa Casa de Patrocínio explica que com organização da Rede de Urgência e Emergência será possível definiro aporte de recursos financeiros para o fortalecimento da mesma, uma vez que a Santa Casa já realiza o atendimento dos casos de urgências e emergências e não recebe ainda recurso para manutenção destes: “Não tem porque não aderir a este Programa”, explicou Ana Lúcia de Castro, “O importante do administrador é conhecer a legislação do Sistema Único de Saúde. Nós já conhecíamos a Portaria referente ao PAR e, antes da Oficina, realizamos todos os estudos e cálculos. Toda a equipe da Instituição estudou delicadamente os pontos importantes da legislação e, durante a oficina, pudemos definir com segurança quais serviços teríamos os critérios e condições para aderir”.

O incentivo financeiro e custeio para a ampliação da Rede será do Ministério da Saúde e disponibilizado após publicação de portaria específica pelo Governo Federal. Após a aprovação pelos gestores do PAR durante a realização desta Oficina, o mesmo será validado pelo Comitê Gestor Regional da Rede de Atenção ás Urgências e Emergências, pela Comissão Intergestores Regional Ampliada (CIRA) e pela Comissão Intergestores Bipartite do Estado de Minas Gerais (CIB).

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000

 

Santa Casa de Patrocínio contrata!

vaga farmaceutico

A Santa Casa de Patrocínio está disponibilizando vaga para farmacêutico.

Início imediato!

Os interessados devem comparecer no Departamento de Recursos Humanos, endereço: Praça Honorico Nunes, nº522; ou entrar em contato pelo telefone (34)3839-1022, tratar com Eloisa Cunha – Líder de Recursos Humanos.

Venha fazer parte da família Santa Casa de Patrocínio, teremos prazer em recebê-lo.

 

 

 

Médico neurocirurgião da Santa Casa de Patrocínio explica a epilepsia

A epilepsia é uma doença que se caracteriza por uma facilidade em sofrer uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, manifestada por crises epilépticas repetidas.

dr.gustavoDr. Gustavo Martins Zola Santiago, neurocirurgião da Santa Casa de Patrocínio, explica que o cérebro humano pode ser comparado a uma rede elétrica, e essa alteração ocorre quando os neurônios (células que compõe o cérebro) de algumas regiões do córtex cerebral sofrem perturbações que levam ao aparecimento de zonas instáveis, propensas a ser foco de um “curto-circuito”. Este pode ficar localizado ou propagar-se para outras áreas do cérebro, levando o paciente a experienciar os sintomas da ativação de cada uma destas regiões, experienciando a crise epilética.

Os sintomas variam de acordo com a função da região cerebral ativada, destacando-se: manifestações motoras, sensitivas, complexas, perda de consciência e perda do tônus postural, que pode gerar quedas. O tipo de crise epiléptica mais comum é a crise convulsiva que significa uma crise epiléptica com manifestação motora. O médico alerta que as crises recorrentes podem causar a morte de neurônios, gerando sequelas cognitivas; pode levar a quedas, acarretando traumatismos; e também culminar no surgimento de novas zonas irritativas, que tornam o controle da doença mais difícil.

O neurocirurgião explica que as crises epiléticas podem ser primárias, quando há uma instabilidade nessa “rede elétrica”, focal ou difusa, mas não perceptíveis em exames de imagem; ou secundárias, quando há um fator específico que gera a irritação no córtex cerebral, por exemplo: tumores, massas, malformações, infecções, sangramentos, cicatrizes etc.

Independente do tipo (primária ou secundária) o tratamento inicial desta patologia é sempre realizado com medicamentos Anti-Epilépticos, que diminuem a epileptogênese, ou seja, a atividade das zonas irritativas. Existem inúmeras medicações disponíveis no mercado, que atuam através de mecanismos farmacológicos diferentes.

O neurocirurgião explica que em casos refratários, em que o paciente passa a não responder mais a medidas medicamentosas, é indicado tratamento cirúrgico. O tipo de cirurgia varia caso a caso, de acordo com o mapeamento das zonas irritativas. Basicamente elas consistem em remover ou desconectar cirurgicamente as zonas atingidas do restante do cérebro.

Dr. Gustavo atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio, através do telefone 34 3515 2549.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000. 

Santa Casa de Patrocínio contrata

HÁ-VAGAS-1

 

A Santa Casa de Patrocínio está disponibilizando vaga para pessoa com deficiência (PCD), maior de 18 anos para auxiliar administrativo. Início imediato! Os interessados devem comparecer no Departamento de Recursos Humanos, endereço: Praça Honorico Nunes, n.º 522; ou entrar em contato pelo telefone (34)3839-1022, tratar com Eloisa Cunha – Líder de Recursos Humanos. Venha fazer parte da família Santa Casa de Patrocínio, teremos prazer em recebê-lo.

 

 

 

 

 

 

Médicos urologistas do corpo clínico da Santa Casa de Patrocínio prestigiaram o XXXVI congresso brasileiro de urologia

 

O XXXVI Congresso Brasileiro de Urologia aconteceu no período de 26 a 29/08/2017 na cidade de Fortaleza-CE. Entre vários temas importantes da especialidade, o evento abordou especialmente como a robótica está auxiliando no diagnóstico e tratamento de doenças urológicas que permite ao paciente maiores chances de cura.

congresso

Os médicos Dr. Arnaldo Pereira e Dr. Lucas Neto Pereira, urologistas do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio, estiveram presentes no evento com a finalidade de se aprimorarem para atenderem os pacientes que, na opinião dos profissionais, estão cada vez mais informados e exigentes sobre o que querem do seu cirurgião.

O Congresso reforçou a importância da atenção que o homem deve quanto ao câncer de próstata e pênis que, diagnosticados antecipadamente, possuem mais de 90% de chances de cura.

Outro assunto bastante discutido no evento, foi o diagnóstico e tratamento do câncer de bexiga, doença silenciosa, que em sua na fase inicial evolui sem apresentar sinais e sintomas. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, a estimativa é de quase dez mil novos casos da doença apareçam todos os anos, sendo a maioria apresentada por homens.

Além das doenças urológicas entre os homens, o Congresso abordou atualizações sobre diagnóstico e tratamento da infecção urinária, doença comum entre as mulheres.

A Santa Casa de Patrocínio parabeniza os médicos urologistas pela atualização na busca de oferecer um atendimento de qualidade aos nossos usuários. Dr. Arnaldo e Dr. Lucas atendem através do telefone 34 3839 1972.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.  

 

 

 

SANTA CASA DE PATROCÍNIO RECEBE VISITA DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DA REGIÃO

 

secretarios

 

No dia 31/08/2017, a Santa Casa de Patrocínio, recebeu a visita dos Secretários de Saúde da microrregião de Saúde Patrocínio/Monte Carmelo e cidades de referência, para um café da manhã, estavam  presentes:  Humberto Donizete Ferreira (Secretário de Saúde de Patrocínio), Bento Vieira Filho (Secretário Municipal de Saúde de Abadia dos Dourados), Dr. Guilherme de Assis Ferreira (Secretário Municipal de Saúde de Coromandel), Sebastiana Maria Santos (Secretária de Saúde de Iraí de Minas), Alex Guimarães Nunes (Secretário de Saúde de Guimarânia), Cida Marques (Secretária de Saúde de Cruzeiro da Fortaleza), Nhaiara Santos (Secretária de Saúde de Estrela do Sul), Andreia Fernandes Borges (Secretária de Saúde de Serra do Salitre) e Anselmo Gerônimo Galvão (Secretário de Saúde de Douradoquara).

Além dos Secretários de Saúde, estavam presentes outros representantes e Assessores das Secretarias de Saúde, principalmente colaboradores da área de TFD (Tratamento fora de domicílio) e Atenção Primária.

josé carlos  Na ocasião, o provedor da Santa Casa de Patrocínio, Sr. José Carlos Dias, falou sobre os   serviços de saúde que a Instituição oferece, sendo mais de 70% destinados a usuários do    SUS e se colocou à disposição dos Secretários de Saúde dos Municípios presentes, dos quais    a Santa Casa de Patrocínio é Hospital referência em média complexidade.bebé

  O Secretário Municipal de Saúde de Patrocínio, Sr. Humberto     Donizete Ferreira, falou sobre a disponibilidade de recursos e   quantitativo de atendimentos disponível aos Municípios da Região. Destacou as dificuldades   financeiras que a área da Saúde está enfrentando e que a atual gestão municipal está se   desdobrando para executar um bom trabalho, que mesmo diante recursos limitados, já   tiveram elogios na ouvidoria do Município dos usuários do SUS. Ao final, o Secretário   solicitou o apoio de todos os presentes e se colocou à disposição. 

ana lúcia  A superintendente Ana Lúcia de Castro apresentou aos      presentes as estatísticas de atendimentos da Instituição, onde     foi possível observar que a Santa Casa de Patrocínio desenvolve seu papel de Hospital   Referência com excelência, mesmo diante as dificuldades financeiras que, como todos os    Hospitais do Brasil, está enfrentando.  

sr.ricardo

  Sr. Ricardo dos Santos Bertholo, membro do Conselho de     Administração da Santa Casa de Patrocínio e ex provedor da     Instituição por três mandados, enfatizou o momento financeiro    delicado que os Hospitais do Brasil estão vivenciado e a     importância de todos trabalharem para que os serviços de   saúde de nosso Município e região continuem superando esta crise com excelência.

visita  Ao final das apresentações, os Secretários de Saúde, seus    assessores e colaboradores, visitaram a Santa Casa de    Patrocínio, para conhecer de perto os serviços que são     prestados. Após, foi realizado um debate, onde todos puderam     esclarecer dúvidas com a diretoria da Santa Casa e também com a Secretaria de Saúde de   Patrocínio.

  O café com o Provedor da Santa Casa de Patrocínio, foi considerado um sucesso pelos    presentes, que solicitaram outros momentos de integração como este.

  O provedor da Santa Casa de Patrocínio, Sr. José Carlos Dias, em nome da Diretoria da Instituição agradece a presença de todos os Secretários de Saúde e Assessores que tiveram presentes:  São em momentos como estes que conseguimos buscar soluções para melhoria da qualidade da Saúde do Município e Região, mesmo diante recursos financeiros limitados, comentou o provedor.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000!

 

 

 

 

 

Corpo clínico da Santa Casa conta com nova Dermatologista

dra sophia600A Santa Casa de Patrocínio, sempre empenhada em oferecer à população de Patrocínio e Municípios da região, novas especialidades médicas e também, maior disponibilidade de atendimento, amplia seu corpo clínico com a chegada da médica, Dr. Sophia Maren Caliman Berger - CRM 42175.

Dra. Sophia Maren Caliman Berger Teixeira é médica, Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, com especialização pela Universidade Gama Filho - RJ, e possui 10 anos de experiência na área.

Dra. Sophia soma-se ao corpo clínico da Santa Casa, e atende no Centro Médico da Instituição. Os agendamentos de consultas podem ser realizados através do telefone 34 3515 2549.

A Santa Casa de Patrocínio valoriza e investe em melhorias de sua infraestrutura e de sua equipe de profissionais. O corpo clínico e o quadro de colaboradores estão em constante aperfeiçoamento, traduzindo este esforço em credibilidade e segurança, garantindo o melhor em assistência médica.

 Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Médico coloproctologista explica sobre hemorroidas

drotavio2308 ok

Todos nós temos Hemorroidas. Sim é verdade!  Hemorroidas são estruturas anatômicas normais formadas por vasos sanguíneos comunicantes situados na parte interna do canal anal. Quando esses vasos aumentam de tamanho, inflamam e produzem sintomas surge à doença hemorroidária, que pode ser interna, situada dentro do canal anal, ou externa, situada na borda do ânus.

Dr. Otávio Nunes Sia, médico coloproctologista da Santa Casa de Patrocínio, explica que a doença hemorroidária tem múltiplas causas com a característica comum de provocarem alterações na circulação sanguínea dos vasos hemorroidários, que podem ser decorrentes de mudanças na consistência das fezes, esforço evacuatório, gravidez, trauma pelo uso de papel higiênico e até fatores hereditários.

O médico alerta que o sintoma mais comum da doença hemorroidária é sangramento anal, geralmente indolor, que suja as fezes com raias de sangue vivo ou em casos mais intensos chega a respingar no vaso sanitário. A patologia também pode causar coceira ou irritação no ânus, dor contínua ou durante as evacuações, presença de prolapso (quando os mamilos hemorroidários exteriorizam-se através do canal anal), nódulo anal doloroso e presença de secreção viscosa no ânus (chamada de muco).

O tratamento da doença hemorroidária inclui medidas simples de alterações comportamentais e dietéticas até uso de medicamentos e tratamentos cirúrgicos.

O especialista indica o uso de dieta rica em fibras, com aumento da ingestão de frutas e verduras, associado a ingestão de pelo menos dois litros de água por dia, hábitos que podem regular o hábito intestinal e provocar a eliminação de fezes mais macias que diminuem o esforço evacuatório.

Dr. Otávio dá uma dica importante: A melhor forma de higienização do ânus após as evacuações é o uso de ducha higiênica com jato de água, sem necessidade do uso de sabonetes. O papel higiênico é indicado apenas para secar a região, com o menor atrito possível. Tanto o atrito do papel higiênico quando uso excessivo de sabonetes pioram os sintomas hemorroidários.

Um alerta: várias outras doenças podem provocar sintomas parecidos com os da doença hemorroidária. É essencial consultar um especialista para obter um diagnóstico adequado, principalmente porque em alguns casos é necessário o uso medicamentos específicos para as veias hemorroidárias e, quando as medidas higienodietéticas e remédios não surtem efeito, pode ser indicado tratamento cirúrgico específico.

Dr. Otávio atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio, através do telefone 34 3831 8899.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! 

Conheça a Unidade de Saúde Mental da Santa Casa de Patrocínio

equipe saude mental
No fundo: Dr. Louston Castilho N. Vieira (Médico Psiquiatra); Dr. Marcelo B. Paula (Médico Psiquiatra) e João Paulo Fernandes (Enfermeiro). Na frente: Laiany S. Sousa (Psicóloga); Keliana C. Dornelas Tavares (Enfermeira); Dr. Gustavo A. Magalhães Pinto (Médico Psiquiatra)

No Brasil, 23 milhões de pessoas sofrem algum tipo de transtorno mental grave e que necessita de algum tipo de tratamento e intervenção médica, o que leva doenças mentais ocuparem a cinco posições no ranking das dez principais causas de incapacidade, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Preocupada com estas patologias que atingem mais de 12% da população brasileira, o Hospital Santa Casa de Patrocínio mantém em sua estrutura física a Unidade de Saúde Mental, que, como integrante da rede psicossocial, juntamente com os CAPS do Município, tem o objetivo de proporcionar maior número de recuperações e reinserções sociais dos pacientes, através da construção de um Projeto Terapêutico Individual de acordo com as necessidades e patologias de cada paciente.

A Unidade é a única de Patrocínio e região habilitada ao SUS para atender, também pacientes com sofrimento ou transtorno mental decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas durante o período agudo da doença.

Na Unidade de Saúde Mental da Santa Casa de Patrocínio, trabalha uma equipe multidisciplinar treinada e capacitada formada por: médicos psiquiatras, médicos clínicos gerais, assistente social, psicóloga, nutricionista, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Possui 24 leitos dos quais 20 são destinados a pacientes usuários do SUS e 04 destinados a pacientes particulares e convênios.

A equipe desenvolve o Projeto Terapêutico realizando atividades diárias de terapia ocupacional, com o objetivo de que o paciente possa conseguir desenvolver suas atividades diárias, principalmente quando houver a reinserção do mesmo na sociedade.

Na Unidade de Saúde Mental da Santa Casa de Patrocínio, o paciente é assistido 24 horas e, quando recebe alta é encaminhado para o serviço de referência para a continuidade do tratamento.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é nossa razão de ser. (34) 3839-1000

Endocrinologista da Santa Casa cita 10 fatos sobre a dislipidemia em alerta ao dia nacional de combate ao colesterol, 08/08

dra karina500 
Dra. Karina Alvarenga Ribeiro – Endocrinologista

CRM/MG: 40811

Dia 08 de agosto é um dia de alerta nacional, dia de combate ao colesterol.  De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 40% da população brasileira tem colesterol alto.

Dra. Karina Alvarenga Ribeiro, médica endocrinologista do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio cita dez fatos que todos precisamos saber sobre as dislipidemias (presença de níveis elevados de lipídios (gorduras) no sangue), fique atento!

1 – Dislipidemia é ter os níveis de colesterol e triglicérides elevados no sangue. Esses lípides são importantes para o organismo, entretanto quando em excesso colocam as pessoas em alto risco de infarto e derrame.

2 – Os fatores de risco para doenças cardiovasculares são: alimentação rica em gorduras e açúcares livres, obesidade, estresse, tabagismo e história familiar. Estimativas mostram que 20% das pessoas já tem placas de colesterol nas artérias aos 20 anos de idade.

3 – Importante lembrar que infarto e derrame são as maiores causas de mortalidade nos dias atuais.

4 – O diagnóstico consistem em dosar o colesterol total, frações e triglicérides. E deve ser realizado pelo menos uma vez ao ano nos adultos e precocemente em pacientes com história familiar de doença cardiovascular.

5 – Níveis de HDL maiores que 60mg/dl protegem o paciente contra doenças cardiovasculares. Já os níveis de triglicérides acima de 150mg/dl elevam esse risco além de ser fator de risco para desenvolvimento de diabetes e pancreatite. Os valores ideais de LDL variam segundo o risco cardiovascular. Em pacientes de alto risco necessitam estar abaixo de 70mg/dl.

6 – A redução do LDL para níveis desejados é o que se tem demonstrado maior eficácia na prevenção de infarto e derrames cerebrais. Principalmente pelo uso das estatinas. Essa prática tem colaborado para diminuição da mortalidade na população em geral. Os efeitos colaterais devem ser relatados ao médico e monitorados frequentemente.

7 – As dislipidemias podem ser de causa primária, ou seja, genética. Ou ainda, serem secundárias a doenças como diabetes descompensado, hipotireoidismo, obesidade, alcoolismo, doenças renais e até mesmo pelo uso de medicamentos como corticoides, diuréticos e betabloqueadores. Também podem decorrer do uso de anabolizantes.

8 – O tratamento das dislipidemias no paciente diabético deve ser mais agressivo a fim de reduzir de forma importante a prevalência de infarto e acidente vascular cerebral.

9 – Uma dieta hipocalórica e pobre em gorduras saturadas e colesterol é fundamental para o tratamento das dislipidemias. Atividade física realizada no mínimo 30 minutos pelo menos 4x na semana pode auxiliar a perda de peso e a redução do colesterol e triglicerídeos. Mesmo assim, ainda pode ser necessário o uso de medicamentos.

10 – Negligenciar o tratamento correto pode colocar a vida do paciente em risco. Bom lembrar que esse tratamento deve ser instituído por tempo indeterminado e sem interrupções.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! Contato 34 3839 1000

Pediatra da Santa Casa de Patrocínio explica sobre a importância do aleitamento materno

paulocaixetaNos primeiros meses de vida, a mãe se preocupa em garantir a melhor alimentação que uma criança pode ter. Boas mamadas, em livre demanda, garantem a sensação de que o bebê está sendo bem alimentado. Mas, na medida em que o bebê vai crescendo, surge o medo de que o leite materno não seja o suficiente para garantir o seu sustento por completo. Qualquer criança pode, e deve, se alimentar apenas do leite materno nos seus seis primeiros meses de vida, não precisando comer ou beber mais nada – nem mesmo água ou chás, pois nele há tudo que o bebê necessita para estar nutrido, crescer e se desenvolver com saúde, explica o pediatra do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio, Dr. Paulo Caixeta Araújo.

O Pediatra destaca que o leite materno é o único alimento que fornece nutrientes importantes para o desenvolvimento cerebral, que combate infecções, protege a criança contra bactérias e vírus e evita diarreias.

como-alimentar-o-bebe-dos-0-aos-6-meses-1-640-427Por acreditar que outros alimentos são mais práticos, nutritivos e benéficos para o bebê, muitas mães passam a dar leites industrializados, mingaus, cereais e papinhas industrializadas – itens considerados calóricos e que podem induzir o desenvolvimento de diabetes, alergias e obesidade infantil.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) aconselha que apenas depois de passados os seis primeiros meses de vida sejam inseridos na alimentação da criança papinhas de frutas e de legumes – sem interromper a amamentação, que pode ser continuada até os dois anos de idade.

 “O bebê que mama no peito desenvolve melhor o rosto, a boca, a mordida e principalmente o sistema respiratório, além de que crianças pequenas precisam e sentem prazer em sugar, pois estão na fase oral. O contato com a pele da mãe e o mamar no peito são tranquilizantes e extremamente benéficos ao bebê”, afirma o pediatra Dr. Paulo Caixeta. 

Para a mamãe amamentar também traz muitos benefícios, pois além de fortalecer o vínculo entre a mãe e o bebê, a amamentação diminui os riscos de a mulher desenvolver anemia, osteoporose, doenças cardíacas, câncer de mama e de ovário, depressão e hemorragia pós-parto, além ser um ato prazeroso e que aumenta a autoestima.

Amamentar é um ato de amor!

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 3839 1000.

 

Entenda o Exame de Composição Corporal através da densitometria óssea

ExameDOA utilização da densitometria óssea na avaliação da composição corporal permite a realização de um exame muito mais completo, através da medida tanto da massa óssea quanto do conteúdo corporal de gordura e massa magra.

A densitometria do corpo inteiro é o único método que avalia diretamente todos os compartimentos corporais: massa óssea, massa muscular e água, massa gordurosa, e analisa o resultado em sua totalidade não a partir da medida de apenas um compartimento.

Neste exame, a água corporal está incorporada ao compartimento de massa magra (músculos), não afetando a medida do conteúdo de gordura ou de tecido ósseo. Os demais métodos não-invasivos para avaliação da composição corporal requerem a realização de mais de um destes testes para complementação de dados, pois avaliam apenas um compartimento corporal, inferindo os demais, o que, possivelmente, aumenta o custo da avaliação completa.

densdrrogeriookUma vantagem adicional da realização da Composição Corporal pela Densitometria é a determinação da composição regional, permitindo o estudo particularizado de braços, pernas, tronco e abdômen.

O exame, por ser não-invasivo, é muito simples para o paciente, não requer nenhum preparo e tem duração de 10 a 15minutos.  A radiação é extremamente baixa, semelhante à radiação ambiental que recebemos num dia de sol,  podendo ser repetido quantas vezes for necessário.  O exame é particularmente útil em crianças pela praticidade e fornece uma ótima avaliação da aquisição de massa óssea.  

Agende seu exame através do telefone 34 3839 1092. Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser!

 

 

Santa Casa busca ajuda do deputado estadual Dr. Helly Tarquínio para recebimento pelos serviços prestados ao Governo de Minas Gerais

1907helySr. Joaquim Morato; Deputado Dr. Helly Tarquínio; Sr. José Carlos Dias

O provedor José Carlos Dias e o conselheiro Joaquim Morato foram recebidos pelo deputado estadual Dr. Helly Tarquínio, no seu gabinete político, em Patos de Minas, no dia 12 de julho de 2017.

A reunião consistiu no pedido, formulado pelos representantes da Instituição, ao nobre parlamentar, no sentido de interceder junto ao Governo do Estado de Minas Gerais, visando à regularização dos pagamentos pelos serviços hospitalares prestados pela Santa Casa aos usuários do Sistema Único de Saúde-SUS, de responsabilidade da Administração Pública Estadual.

Na oportunidade, foi informado ao deputado Dr. Helly que o atraso na quitação dos compromissos financeiros por parte do Estado tem gerado sérios problemas para o equilíbrio orçamentário da Instituição, que impacta diretamente na manutenção das atividades, volume e na qualidade dos serviços de saúde disponibilizados pelo hospital à população de Patrocínio e Região.

No encontro, o provedor, destacou que neste momento, extremamente delicado da vida nacional, quando o Brasil enfrenta a mais longa e profunda recessão econômica da sua história, prejudicando fortemente as finanças dos hospitais filantrópicos, todos os esforços da Instituição são direcionados ao seu equilíbrio financeiro, sendo implementada, com rigor e determinação, uma série medidas, destinadas à consecução desse objetivo.

Bastante receptivo e demonstrando vivo interesse pelo assunto, ao final da reunião o deputado estadual Dr. Helly Tarquínio assumiu o compromisso de, em conjunto com outras lideranças políticas, desenvolver, perante ás instâncias competentes, os meios e esforços necessários a oferecer uma ágil solução para a pendência, de modo a proporcionar à Santa Casa a devida e justa segurança do recebimento dos recursos financeiros, pelos serviços hospitalares prestados ao Governo de Minas Gerais.

Fica registrado, em nome da Direção da Entidade, o agradecimento especial pela atenção dispensada a acolhida do pleito apresentado pelo Hospital Santa Casa de Patrocínio, ao deputado estadual Dr. Helly Tarquínio, tido e reconhecido como uma das mais atuantes lideranças políticas do Estado de Minas Gerais, profissional da área médica, parlamentar dotado de elevado espirito público, defensor intransigente das justas demandas populares, com extensa folha de relevantes serviços prestados à saúde pública de Minas Gerais.

 

Hospital Santa Casa de Patrocínio realiza primeira cirurgia crânio-cervical da região

No último mês, a equipe de Neurocirurgia e Cirurgia de Coluna da Santa Casa de Patrocínio realizou a primeira cirurgia crânio-cervical da região, para tratamento de uma fratura na coluna cervical no paciente Sr. Lucas Nunes Teodoro, que sofreu uma grave queda.  

gustavo guilherme500Esse tipo cirurgia, uma inovação na região, é realizada em poucos hospitais das grandes capitais e somente foi possível no Hospital Santa Casa de Patrocínio devido à estrutura oferecida pelo Centro Cirúrgico da Instituição e qualificação de sua equipe de Neurocirurgia e Cirurgia de Coluna, formada pelos médicos neurocirurgiões Dr. Guilherme Magalhães e Dr. Gustavo Zola.

De acordo com Dr. Guilherme, as fraturas da coluna vertebral, principalmente da região cervical, são consideradas lesões de grande gravidade, por trazerem enormes riscos de sequelas e inclusive de óbito. Por apresentar nobres estruturas vasculares como as artérias vertebrais, além das estruturas do sistema nervoso central como a medula e o tronco encefálico, a região crânio-cervical é um desafio para o cirurgião de coluna, mas com um bom conhecimento anatômico e uma boa experiência na área, esses riscos diminuem muito.

O paciente e sua família ficaram muito satisfeitos com o resultado da cirurgia, que pode ser realizada na cidade de residência, com o apoio dos familiares e amigos. Nádia, filha do Sr. Lucas, fez um relato emocionante, em nome da família:  

“O fato de meu pai estar vivo e permanecer andando seria um milagre, pois, na maioria destes casos, a pessoa não sobrevive ou fica tetraplégica. Foi um momento difícil, pois, além de ser uma cirurgia de alta complexidade nunca havia sido feita em nossa cidade. Porém, ao mesmo tempo, estávamos confiantes, pois o Dr. Guilherme nos transmitiu tanta segurança e tanta confiança que decidimos marcar a cirurgia. No dia 08/06/2017, às 10:30h, meu pai entra para o bloco cirúrgico permanecendo lá até às 16:30h, momento que Dr. Guilherme saiu do bloco com um sorriso no rosto, com um semblante cansado com a melhor notícia que podíamos receber. A cirurgia tinha sido um sucesso!  Quando meu pai chegou no quarto, tivemos a certeza de que Deus existe e que Patrocínio tem sim, médicos excelentes, um hospital super equipado e preparado para cirurgias complexas como essa. Queremos por meio deste agradecer a cada um que cuidou com tanto carinho e cuidado do meu pai na Santa Casa. Todos vocês foram de fundamental importância para a recuperação dele durante os dias que esteve no hospital. Queremos agradecer desde a funcionária, que sempre limpava o quarto com um sorriso no rosto, os enfermeiros, funcionários, ao hospital e principalmente, aos médicos Dr. Guilherme e ao Dr. Gustavo Martins Zola Santiago que o acompanhou e o auxiliou durante a cirurgia. O nosso muito obrigado a todos vocês! A cada um que participou direta ou indiretamente nesse momento tão difícil, nossa eterna gratidão! Lucas, Ilma, Nádia e Túlio.” (Confira o depoimento da família abaixo). 

A Diretoria e a Equipe de Neurocirurgia e Cirurgia de Coluna da Santa Casa de Patrocínio agradecem a confiança do Sr. Lucas e de seus familiares.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser. Contato: 34 3839 1000 

 

MENSAGEM DE AGRADECIMENTO DA FAMÍLIA DO SR. LUCAS NUNES TEODORO

 

familia srlucaseditPatrocínio, 03 de julho de 2017. 

 

Aos três dias do mês de junho do ano de 2017, meu pai, Lucas Nunes Teodoro, após sofrer uma grave queda, deu entrada no hospital Santa Casa de Patrocínio com fortes dores na cabeça e na coluna.

Após o neurocirurgião, ser chamado, Dr. Guilherme Augusto Leonel de Magalhães, foi feita uma tomografia em que foi constatada uma explosão de C1 na coluna cervical.

Imediatamente meu pai teve seu pescoço imobilizado, e a maior preocupação da família naquele dado momento, era se essa fratura deixaria alguma sequela. Naquele momento Lucas estava com todos os movimentos e consciente, o que era um fator positivo.

Na segunda-feira, dia 05 de junho, foi feita uma ressonância onde foi constatado que havia necessidade de cirurgia e, que graças a Deus, a medula estava preservada.

Dr. Guilherme explicou-nos esclarecidamente como seria a cirurgia e todo processo a ser feito.

Explicou-nos também que esse tipo de cirurgia era pouco realizada e que nunca, uma cirurgia desse porte havia sido feita em Patrocínio/MG.

O fato de meu pai estar vivo e permanecer andando seria um milagre, pois, na maioria dos casos, a pessoa não sobrevive ou fica tetraplégica. 

Foi um momento difícil, pois, além de ser uma cirurgia de alta complexidade nunca havia sido feita em nossa cidade, e o que primeiro vinha a nossa cabeça eram os questionamentos: “Vai dar certo?” “Ele vai ficar com sequelas?” “A cirurgia é muito arriscada?”

 Porém, ao mesmo tempo, estávamos confiantes, pois o Dr. Guilherme nos transmitiu tanta segurança e tanta confiança que decidimos marcar a cirurgia. Marcamos para o dia 08/06/2017.

Ficamos de segunda a quinta-feira super ansiosos e preocupados, pois, mesmo sabendo que estávamos aos cuidados de dois médicos renomados e competentes, (Dr. Guilherme e Dr. Gustavo) no momento era impossível mantermos a calma, foram 4 dias de angústia.

No dia 08/06, às 10:30h, meu pai entra para o bloco cirúrgico permanecendo lá até às 16:30h, momento que  Dr. Guilherme saiu do bloco com um sorriso no rosto, com um semblante cansado (afinal foram horas de cirurgia) com a melhor notícia que podíamos receber. A cirurgia tinha sido um sucesso!

Ocorreu tudo dentro do planejado e meu pai estava passando bem. Recebemos todas as orientações de como seria daquele dia em diante para que ele tivesse uma boa recuperação.

Por volta de 18:30h meu pai chega no quarto, naquele momento tivemos a certeza de que Deus existe e que Patrocínio tem sim médicos excelentes, um hospital super equipado e preparado para cirurgias complexas como essa.

Durante os 11 dias de internação fomos muito bem tratados por todos, os enfermeiros então, nem se fala! (Confesso que tive vontade de levar alguns para casa de tão amorosos e cuidadosos.)

Hoje, passado o susto e diante da excelente recuperação do meu pai só temos a agradecer. Primeiramente a Deus depois ao Dr. Guilherme que é considerado por nós um anjo que apareceu em nossas vidas.

Seremos eternamente gratos a ele e por tudo que fez e vem fazendo por nós. Médico prestativo, atencioso e que não mede esforços para atender bem o paciente.

Hoje, há exatamente um mês após o acidente, só temos a agradecer. Meu pai está se recuperando bem. A recuperação é lenta, porém, logo, logo, ele estará de volta as suas atividades diárias.

“Queremos por meio deste agradecer a cada um que cuidou com tanto carinho e cuidado do meu pai na Santa Casa.

Todos vocês foram de fundamental importância para a recuperação dele durante os dias que esteve no hospital.

Quero agradecer desde a funcionária, que sempre limpava o quarto com um sorriso no rosto, os enfermeiros, funcionários, ao hospital e principalmente, aos médicos Dr. Guilherme e ao Dr. Gustavo Martins Zola Santiago que o acompanhou e o auxiliou durante a cirurgia.

O nosso muito obrigado a todos vocês!

A cada um que participou direta ou indiretamente nesse momento tão difícil, nossa eterna gratidão!

 

Lucas, Ilma, Nádia e Túlio.

  

 

Urologista da Santa Casa esclarece sobre infeção urinária

050717medico

A Infecção do Trato Urinário acomete em torno de 150 milhões de pessoas anualmente, das quais que 67% são mulheres e 90% é caracterizada como cistite (infecção na bexiga). 

Dr. Lucas Neto Pereira, médico urologista da Santa Casa de Patrocínio explica que as mulheres são mais suscetíveis a este tipo de infeção por terem uma uretra mais curta, mais próxima ao ânus, uma área bastante contaminada por bactérias, além de que muitas mulheres têm o costume de segurar para ir ao banheiro e, deixando de lavar o sistema urinário, já que ao urinar limpamos o canal de bactérias.

O especialista explica que nos homens, a idade torna-se um fator de risco, uma vez que nos pacientes mais idosos, o crescimento da próstata pode obstruir o canal urinário e facilitar a infecção.

0507infec uriOs principais sintomas da infecção do trato urinário são dor ou queimação ao urinar, dor no “pé da barriga” – próximo à região do púbis – e vontade de urinar várias vezes, em pequenas quantidades. Também pode haver febre e sangramento na urina.

Dr. Lucas explica que a infecção urinária é benigna e pode ser tratada facilmente através de medicamentos antibióticos. O médico alerta que nas pessoas mais idosas, naqueles que passaram por alguma cirurgia no trato urinário, a infecção pode ser grave, causando uma infecção generalizada e até matar. Neste caso, um médico especialista deve ser procurado assim que os sintomas aparecerem.

O urologista dá algumas dicas para evitar infecção urinária: é fundamental ingerir bastante líquido, evitar segurar a urina e higienizar regiões genitais antes e depois das relações sexuais. Para as mulheres, é indicado sempre urinar após a relação sexual, já que a entrada de bactérias na bexiga fica mais exposta. Também é aconselhável, após a evacuação, ao higienizar a vulva e região perianal, limpar sempre no sentido de frente para trás, para evitar que bactérias passem do ânus para a vagina.

Sempre que os sintomas de infecção urinária aparecerem, procure um especialista.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 38391000

Santa Casa de Patrocínio inicia serviço de densitometria óssea em julho

densitometria1
(da esquerda para direita) Dr. Rogério Abrão Furtado – médico radiologista; Jorge César da Silva – técnico radiologia; Viviany Ferreira Rosa – técnico radiologia; Moacir Xavier dos Reis – técnico radiologia; Dra. Lilian Márcia Freitas Campos – médica radiologista.

Com o apoio imprescindível do Deputado Federal, patrocinense, Silas Brasileiro, junto ao Ministério da Saúde, o Hospital Santa Casa de Patrocínio, tem o prazer de anunciar a implantação do serviço de Densitometria Óssea.

silas brasileiroFoi adquirido um moderno equipamento, através de verba disponibilizada à Instituição por meio de Emenda Parlamentar concedida pelo Deputado Silas Brasileiro, possibilitando ao Hospital Santa Casa de Patrocínio disponibilizar, a partir do mês de julho, os exames de Densitometria Óssea e Composição Corporal para toda a população de Patrocínio e Região.

densitometria2A densitometria óssea é o exame ideal para o diagnóstico da osteoporose e da osteopenia por detectar a redução da massa óssea de maneira precoce e precisa. Já o exame de composição corporal se caracteriza pelo estudo dos diferentes componentes químicos do corpo humano. A sua análise permite a quantificação da grande variedade de componentes corporais tais como água, proteínas, gordura, minerais, massa magra, entre outros.

A Diretoria da Santa Casa de Patrocínio agradece infinitamente ao Deputado Silas Brasileiro (foto acima, à direita) por mais esta conquista, que sem a sua contribuição não seria possível a concretização deste projeto.   

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! Maiores informações e agendamento de exames através do telefone 34 3839 1092. 

 

 

Eleita nova Diretoria Clínica e Comissão de Ética Médica da Santa Casa de Patrocínio

2106diretoriaclinica

No dia 13/06/2017 os médicos do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio reuniram-se em Assembleia para eleição da Diretoria Clínica e Comissão de Ética Médica 2017/2018, conforme preconiza as legislações doa Conselhos Federal e Regional de Medicina.

Após realizada a votação, em chapa única, foram eleitos os seguintes médicos:

Dr. Marco Antônio - diretor clínico;

Dr. Ivan de Carvalho Carneiro - vice-diretor clínico.

Comissão de Ética: Dr. Rogério Queiroz (presidente); Dr. Lucas Rodrigues (vice-presidente); Dr. Otávio Nunes Sia (Secretário). Suplentes: Dr. Omar Caetano Cunha, Dr. Thiago César Novais Gasperin e Dr. Eduardo Cimini Lage.

O diretor clínico é o médico representante e coordenador do corpo clínico, sendo o elo entre o Corpo Clínico e a Direção Geral da Instituição. Já a Comissão de Ética Médica é o órgão supervisor da ética profissional na Instituição, representando os Conselhos Regional e Federal de Medicina.

A eleição da Diretoria Clínica e Comissão de Ética médica é realizada a cada um ano e meio pelos médicos do Corpo Clínico.

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 38391050 

Neurologista do corpo clínico da Santa Sasa esclarece sobre roncos e apneia do sono

drbras500Os roncos afetam crianças e adultos, são mais frequentes após os 60 anos, tanto em homens e mulheres. Eles são sons produzidos pelo estreitamento da via aérea durante o sono e estão associados a diversas causas, dentre as quais destacam-se: obesidade, uso de álcool, aumento da adenoide e amígdalas, deformidades maxilares, desvio de septo, pólipos no nariz, uso de medicamentos, entre outros.

Dr. José Brás de Souza Júnior, neurologista do Corpo Clínico do Hospital Santa Casa de Patrocínio, alerta que os roncos são o sintoma mais comum da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) ou Apneia do Sono que é um problema mais sério, caracterizado por pausas respiratórias durante o sono, levando a despertares frequentes.

Dr. Brás explica que a SAOS leva a queda oxigenação sanguínea, altera a qualidade do sono e faz com que a pessoa tenha um sono fragmentado e superficial, podendo apresentar cochilos frequentes durante o dia, dois ou mais episódios de diurese durante o sono (acorda para urinar), dor de cabeça pela manhã, boca seca, sensação de sufocamento, falta de ar, sudorese durante o sono entre outros.

O Neurologista esclarece que a SAOS prejudica o desempenho no trabalho, além de aumentar o risco de desenvolver diabetes, agravar a hipertensão arterial (pressão alta) e estar associado com infarto e acidente vascular cerebral (AVC/Derrame). 

O papel do médico neurologista é fazer a avaliação clínica e solicitar o exame de Estudo do Sono, a polissonografia. Este exame permite definir a gravidade e o tratamento mais adequado. O especialista pode ainda fazer o seguimento, o manejo do CPAP (aparelho de pressão aérea positiva continua) e indicar a estratégia para evitar a falta da oxigenação sanguínea no sono.

Dr. Brás dá uma dica importante: Para evitar e diminuir a apneia do sono é importante a prática de atividade física, alimentação saudável e diminuição de bebidas alcoólicas.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000

Conselho de Administração da Santa Casa de Patrocínio nomeia Grupos de Trabalho para a Gestão 2017/2019

conselho

Em reunião do Conselho de Administração realizada em 22/05/2017, o provedor da Santa Casa de Patrocínio, Sr. José Carlos Dias, reafirmou as palavras de seu primeiro dia de mandato, onde convocou todos os conselheiros a serem, também, provedores participando ativamente da gestão da Instituição.

Neste sentido, foram nomeados quatro Grupos de Trabalho, sendo:

  • Funcional, grupo responsável por assuntos referentes à gestão de pessoas: Dr. Fernando Bernardes, Dr. Lauro Barbosa Júnior e Sra. Maristela Brito;
  • Divulgação, grupo responsável pela imagem do Hospital perante seus clientes internos e externos: Sr. José Carlos Dias, Sr. José Manoel de Souza e Sr. Ricardo Bartholo;
  • Institucional, grupo responsável pela busca e captação de recursos para a Instituição e outros assuntos de interesse: Sr. Altair Olímpio, Sr. Joaquim Morato, Sr. Wesley Siqueira e Dr. Marco Antônio;
  • Negociações e Assuntos médicos, grupo responsável por fazer a ligação entre a Instituição e o Corpo Clínico, buscando alinhar os interesses de ambos: Dr. Lucas Siqueira, Dr. Carlos Pinto e Dr. Arnaldo Pereira.

Além dos Grupos de Trabalho, Sr. Nelson Gonçalves teve seu nome reafirmado como presidente da Comissão de Licitação e Dr. Péricles Rodrigues foi nomeado para atuar e auxiliar nos Processos de Compras desta Comissão.

Ainda, durante a reunião, Sr. Joaquim Morato, Sr. Wesley Siqueira e Sr. Ricardo Bartholo, foram indicados a fazerem parte do Grupo Gestor da Instituição e atuarem junto à superintendente, Sra. Ana Lúcia de Castro e gestores do Hospital, buscando a gestão participativa da Santa Casa.

O Provedor, José Carlos Dias, destacou a importância da participação de todos os conselheiros, principalmente no que se refere à doação de conhecimento na área de atuação de cada um, o que interfere positivamente e diretamente na melhoria da prestação dos serviços de saúde à população de Patrocínio e Região.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000

Enfermeira da Santa Casa de Patrocínio esclarece sobre a Triagem Neonatal

teste-do-pezinho-enfermeiraA Triagem Neonatal, mais conhecida como Teste do Pezinho, faz parte de um programa criado pelo governo federal em 2001, a fim de se rastrear, detectar e tratar doenças importantes nos recém-nascidos, que, quanto mais cedo iniciado o tratamento, menor o índice de mortalidade melhor qualidade de vida para as crianças diagnosticadas com estas patologias.

A enfermeira neonatologista, Carolina Vargas, responsável técnica pela UTI Neonatal da Santa Casa de Patrocínio, explica que o teste do pezinho e um exame realizado a partir do sangue coletado por gotinhas do pezinho do bebê e que permite identificar doenças graves, como: hipotireoidismo congênito (problemas na tireoide), fibrose cística (doença do suor salgado), fenilcetonúria (problema no metabolismo) e anemia falciforme (doença do sangue), entre outras.

teste-do-pezinho-250A enfermeira enfatiza que a realização do exame é rápida, pois são apenas cinco gotinhas de sangue que são coletadas do bebê, é praticamente indolor e o bebe pode permanecer no colo da mãe durante toda coleta. O exame deve ser realizado em todos os recém-nascidos até 30 dias de vida, mas preferencialmente entre o terceiro e quinto dia após o nascimento, uma vez que se detectada alguma das patologias rastreadas pelo teste, a criança pode iniciar o tratamento o mais precoce possível, diminuindo assim chances de seqüelas mais graves. 

O Teste do pezinho e gratuito, realizado pelo SUS nas Unidades Básicas de Saúde. O resultado chega em até 30 dias na Unidade em que foi coletado.

Cuide da saúde do seu filho, não deixe de realizar o teste do pezinho nos primeiros dias de vida e garantir um crescimento tranquilo.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser. 34 3839 1000.

 

 

Médico gastroenterologista do corpo clínico da Santa Casa de Patrocínio esclarece sobre a gastrite em comemoração ao Dia Mundial da Saúde Digestiva, 29/05

gastriteA maioria das pessoas costuma considerar qualquer dor de estômago ou mal-estar digestivo como gastrite, o que nem sempre está correto.  É comum, por exemplo, a azia ser considerada um sintoma gastrite, sendo que na maioria das vezes trata-se do refluxodo ácido estomacal provocado por defeito no músculo que regula a passagem do alimento do esôfago para o estômago.

Dr. Fernando Eduardo Borgo, médico gastroenterologista e cirurgião geral do Corpo Clínico da Santa Casa de Patrocínio, explica que a Gastriteé a inflamação da mucosa que reveste as paredes internas do estômago e é diagnosticada com segurança, através do exame de endoscopia digestiva acompanhada de uma biopsia do estômago, uma vez que esta patologia pode ou não apresentar sinais e sintomas.

Dr. Fernando explica que a dor característica da gastrite começa na região epigástrica, localizada abaixo do tórax, na famosa “boca do estômago”. É uma dor localizada e pode vir ou não acompanhada de azia, náuseas e vômitos.  

A famosa bactéria do estômago é a maior causa da gastrite crônica. O Helicobacter pylori (H. pylori) é uma bactéria que infecta a parede do estômago e é transmitido principalmente de pessoa para pessoa. Em áreas com falta de saneamento, o H. pylori pode ser transmitido através de água ou alimentos contaminados, esclarece Dr. Fernando. No Brasil, a taxa de contaminação por esta bactéria é de 80%.

Além da contaminação pela bactéria H. Pylori, Dr. Fernando destaca outras causas comuns da gastrite: uso prolongado de anti-inflamatórios, uso excessivo do álcool, cocaína e radiação. Lesões traumáticas, queimaduras graves, doença crítica e cirurgias também podem causar gastrite.

O tratamento da gastrite deve ser direcionado pelo médico gastroenterologista, geralmente é medicamentoso e através do controle da dieta. O médico lembra que a gastrite não tratada é um fator de risco úlcera péptica, pólipos gástricos e tumores gástricos benignos e malignos.

Dr. Fernando dá algumas dicas para a dieta do paciente diagnosticado com gastrite: comer pequenas porções, sempre de 3 em 3 horas, preferir alimentos cozidos e grelhados; evitar condimentos, molhos e intensificadores de sabor, evitar bebidas alcoólicas, gaseificada ou industrializadas, evitar alimentos crus e de difícil digestão como carne vermelha, evitar bebidas cafeínadas e frutas ácidas como limão, laranja ou abacaxi.

fernando borgo

Dr. Fernando Eduardo Borgo atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio e os agendamentos de consultas podem ser realizados através do telefone: 34 4114 0103.

Santa Casa de Patrocínio, Saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000

 

Santa Casa de Patrocínio moderniza o Centro Cirúrgico

mesa cirurgica geral e foco

Através de convênio federal com o Ministério da Saúde, viabilizado por emenda parlamentar, a Santa Casa de Patrocínio investiu R$ 787.000,00 do valor de R$ 1.000.000,00 disponibilizados, em modernização do Centro Cirúrgico, no ano de 2016, com novas tecnologias de ponta, sendo possível a realização de procedimentos novos, principalmente na especialidade de neurocirurgia.

No total foram adquiridos 07 tipos de equipamentos, dentre os quais um arco cirúrgico mais moderno,  que trata-se de um equipamento de RX utilizado durante os procedimentos  e que melhor atende as especialidades de neurocirurgia e ortopedia/traumatogia e um equipamento de anestesia geral que pode ser utilizado em pacientes pediátricos e neonatais.

Também foram adquiridas novas mesas para cirurgia geral, mesa cirúrgica ortopédica mais moderna, monitores multiparâmetros, focos de teto com iluminação à LED e Aparelho de Raio X.

arco cirurgico

Entre as vantagens que os novos equipamentos trouxeram, estão mais recursos de imagens clínicas para os médicos durante as cirurgias, ampliando a capacidade de visão e, por consequência, a precisão das incisões.

O Centro Cirúrgico da Santa Casa de Patrocínio ocupa uma área física de 404,15 m² na Instituição, possui 04 salas de cirurgia e 01 sala de recuperação com 05 leitos. São realizadas, em média, 3200 cirurgias eletivas e em caráter de urgência e emergência, anualmente. Dos 158 leitos existentes na Instituição, 26 são destinados à área de Cirurgia Geral, sendo 14 credenciados ao SUS.

No ano de 2017, a Santa Casa de Patrocínio prevê, ainda, a aquisição de um microscópio cirúrgico, carros de emergência, bombas de seringa e monitores de capnografia, com o término da execução deste Convênio.

A Santa Casa de Patrocínio busca garantir um atendimento mais eficiente, seguro e de qualidade a seus usuários.

2equipamentos

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! Contato: 34 38391000. 

 

Unidade hospitalar de saúde mental do Hospital Santa Casa de Patrocínio comemora a Semana da Luta Antimanicomial

Foto1

O movimento da Luta antimanicomial teve início com a Reforma Psiquiátrica no ano de 1987, quando iniciaram as denúncias contra os abusos e violação de direitos humanos sofridos pelos usuários da saúde mental. Uma das principais conquistas desse movimento foi a Lei 10.216/2001, que determina o fechamento progressivo dos hospitais psiquiátricos e a instalação de serviços substitutivos, como os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), as Residências Terapêuticas, Programas de Redução de Danos, Centros de Convivências, as Oficinas de Geração de Renda, os leitos em hospitais gerais, dentre outros.

É importante destacar que a Unidade Hospitalar de Saúde Mental da Santa Casa de Patrocínio também faz parte da Rede de Atenção Psicossocial, onde o paciente recebe um tratamento de forma humanizada e é acompanhado por uma equipe multidisciplinar, trata-se de uma alternativa de tratamento quando os demais recursos extra-hospitalares já não são suficientes para conter uma crise.

Em comemoração à semana da luta antimanicomial, a equipe da Unidade Hospitalar de Saúde Mental realizou palestras, confecção de cartazes, oficinas terapêuticas e levaram alguns pacientes aos demais setores do hospital com o objetivo de informar e conscientizar sobre os direitos a saúde conquistados, e reafirmar a necessidade de romper com o preconceito ainda sofrido pelos pacientes portadores de transtornos mentais, valorizando seu espaço na família e na sociedade. 

Foto4  Foto3  Foto2 

Médico comenta sobre o aumento das alergias respiratórias no outono e inverno

joao albertdroProblemas respiratórios ocupam o quarto lugar entre as enfermidades que mais matam no Brasil. A queda de temperatura ajuda a potencializar os sintomas.

O médico pós-graduado em Alergia e Imunologia Clínica, Dr. João Alberto de B. Ribeiro Filho, da Santa Casa de Patrocínio, faz um alerta sobre as principais doenças alérgicas respiratórias que ocorrem nesta época do ano.

O inverno se aproxima, e com ele vêm as mudanças de temperatura que caem consideravelmente. Nos próximos meses, a tendência de muita gente é preferir o aconchego do lar, principalmente à noite. Estão formados os piores cenários e períodos para os alérgicos. Dados médicos mostram que as alergias respiratórias, tais como, Asma e Rinite Alérgica acometem aproximadamente 25% da população brasileira. Índice considerado alto se comparado com outras enfermidades crônicas, como Diabetes (8%) e Hipertensão Arterial (15%).

Além de acometer crianças, jovens e idosos, elas provocam a perda na qualidade de vida, ausências nas escolas e no trabalho. Prurido nasal, espirros, coriza, “cansaço” e obstrução nasal são os principais sintomas da maioria dos quadros alérgicos respiratórios. Apesar de haver medicação para combater esses males, o melhor tratamento é a prevenção.

Dr. João Alberto, esclarece que, casas fechadas e sem luz solar, favorecem a multiplicação dos ácaros, que vivem principalmente nos sofás, colchões e travesseiros. Esses seres microscópicos são capazes de multiplicarem a sua população diariamente. Além de um bom controle ambiental, a Imunoterapia é um excelente tratamento para as alergias respiratórias.

O médico acrescenta que, para complicar a vida do alérgico, este é o período mais propício às infecções viróticas (gripes) e bacterianas (sinusites, pneumonias, amigdalites e faringite).

O conteúdo desta matéria não tem a intenção de substituir o acompanhamento médico, fazer diagnósticos ou indicar tratamentos, mas de trazer informações úteis.

Dr. João Alberto atende no Centro Médico, Rua João Alves do Nascimento, 905, São Vicente.

Agende uma consulta: (34) 3515 2547

Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser!

 

Santa Casa recebe doação de uma máquina de hemodiálise de empresas de Patrocínio

1005maquina
Sr. Ricardo Bartholo, Sr. Joaquim Morato,  Dra. Edma Nunes, Ana Lúcia de Castro e Sr. Geraldo Eustáquio

No mês de dezembro/2016, a Santa Casa de Patrocínio recebeu a doação de uma máquina de Hemodiálise, avaliada no valor de R$ 42.500,00 de duas importantes empresas do Município: Expocaccer e Cafebrás. 

A doação foi viabilizada pelos então conselheiros do Conselho de Administração da Santa Casa de Patrocínio e representantes das respectivas empresas, Ricardo dos Santos Bartholo (Expocaccer) e Geraldo Eustáquio de Miranda (Cafebrás), onde cada Instituição dispôs de 50% do valor da máquina.

A Santa Casa de Patrocínio agradece a estas renomadas empresas e seus representantes que tornaram possível à ampliação dos atendimentos do Serviço de Hemodiálise. Mais seis pacientes renais crônicos puderam iniciar o tratamento tão aguardado.

O Centro de Hemodiálise instalado na Santa Casa de Patrocínio está em funcionamento há 06 anos e viabilizou aos pacientes de Patrocínio e região, realizarem o tratamento mais próximo do local de suas residências, junto aos seus familiares, evitando percorrerem maiores distâncias e enfrentarem enormes sacrifícios, contribuindo efetivamente para a melhoria da qualidade de vida destas pessoas.

Santa Casa de Patrocínio! Saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000